segunda-feira, 8 de maio de 2017

SUPER JEAN

Enquanto isso naquela escola, o professor iniciava a sua aula de filosofia...

- Hoje eu quero provocar vocês. Eu quero saber quem é o maior herói da nossa cidade. Alguém sabe me dizer o nome dele? Hein? Luizinho levantou a mão! Sabe quem é?
- O Vinícius Araujo?
- Não. Não é o Vinícius Araújo. Ele inclusive anda meio sumido. Quem mais quer arriscar?
- Eu...
- Viviane...pra você quem é o nosso herói?
- O soldado Otávio.
- Mas quem é esse soldado Otávio?
- Um guardinha que salvou o meu gato que tinha subido no poste de luz. Ele foi muito corajoso. Podia ter morrido esturricado. E até que ele era um gato também....
- Olha Viviane. Os policiais são heróis mesmo, mas não é dele que estou falando. Mais alguém quer arriscar?
- Professor...eu sei de quem o sr está falando. É do Jean, não é?
- Até que enfim. Agora diga para os seus colegas quem é o Jean.
- Jean é o cara que traz uns games irados pra gente dos Estados Unidos. Gente boa ele viu.
- Você está de brincadeira né?
- Uai. Achei que tinha acertado. Não é ele?
- Quase. Vou lhe dar mais uma chance.
- Já sei...JEAN foi o cara que inventou a calça JEANS.
(risos gerais)
- Minha nossa senhora. Vou dar uma pista pra vocês. Qual é o nome da nossa cidade?
TODA SALA FALOU JUNTO:
- João Monlevade.
- E agora...pra vocês quem é o nosso principal herói?
E TODA A SALA FALOU JUNTO NOVAMENTE: JOÃO MONLEVADE
- Ufa. Até que enfim. Só que o nome dele era JEAN. Os brasileiros da época é que adaptaram, assim Jean virou João.
- Puxa professor. Mas por que ele foi herói?
- Uai. Ele saiu da França há 200 anos atrás pra fundar a Belgo Mineira e a nossa cidade. Se não fosse por ele, não estaríamos aqui.
- Mas ele tinha algum super poder? Onde já se viu herói sem super poder?
- Sim. Ele tinha super inteligência, super persistência e super visão de futuro.
- Que nem o Scoth dos Xmen com sua visão de raio laser?
- Muito maior...a visão dele atravessou dois séculos e chegou até os dias de hoje.
- Mas tem HQ com a história dele? Tem série pra gente ver?
- Ainda não. Mas, esperamos que a cidade comemore com muita festa, pois não é qualquer lugar que tem um herói tão importante.
- Mas professor. Se ele era mesmo um herói, usava capa? Podia voar?
- Não. Era um herói de carne, osso e atitude. Mas suas ações foram tão marcantes que influenciaram o futuro de uma região inteira.
- Puxa professor. Que maneiro. Que bom que temos um herói.
- Pois é, meus queridos. Os orientais veneram seus antepassados e honram seus exemplos. Espero que vocês tenham gostado da aula. Tomara que instalem o espírito do Jean no coração de vocês.  
- Professor...professor...nós estamos pensando em criar um HQ. Sabe qual vai ser o nome?
E DISSERAM JUNTOS:

- SUPER JEAN...

2 comentários:

  1. muito bom.na minha infância se aprendia nas escolas eu estudei na escola estadual santana, la ensinava a historia das origens de nossa cidade.
    Hoje em dia não sei se continuam ensinando.
    importante demais sabermos nossas origens. parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir