segunda-feira, 15 de maio de 2017

DENTE CADENTE


Enquanto isso naquele bar das paqueras ... uma recém separada investia sobre um tímido no balcão.

- Olá. Posso beber ao seu lado?
- Claro.
- Vc vem sempre aqui?
- Sim. Gosto de beber aqui, sempre venho sim.
- Procurando alguém?
- Não exatamente...venho pra beber e pensar na vida.
- Mas num bar como esse?
- Nesse bar vem pessoas pra beber por que perderam o amor, outros procurando outro amor.
- E qual é o seu caso?
- Minha situação é pior. É um problema de infância que nunca consegui resolver.
- Mas não é possível.Vc também é viado?
- Não. De jeito nenhum. Eu pareço um ?
- Mas hoje em dia não precisa parecer mais. Antigamente eles eram efeminados né? Hoje em dia costumam parecer másculos...mais até do que alguns que realmente são. É uma confusão.
- Mas não é o meu caso. O que você está bebendo?
- Vodka pura. Eu quero ficar de foguinho rápido.
- Sei. Mas qual é o seu caso.
- Pois é. Meu marido me largou por causa de um rapaz. Acredita? E eu não desconfiava de nada. Mudou-se com ele para Macacos. Pelo menos continua pagando minha pensão.
- Puxa. Mas você bebeu quase um copo de uma vez. Assim vai passar mal.
- Eu quero é esquecer. Mas me diga aí. Qual é o seu problema?
- Uhn. Não sei não. Acho que vc vai sair correndo daqui quando souber...
- O que foi? Tem alguma doença grave contagiosa?
- Não. Eu tenho é dente cadente.
- Mas o que é isso?
- É o seguinte. Quando adolescente eu levei um tombo de bicicleta e quebrei os dois dentes da frente. O dentista colocou dentes postiços pra mim, mas eles sempre caem nas situações mais inusitadas.
- Ah...mas isso é motivo pra se isolar do mundo?
- Eu não quero passar mais vergonha. Viu aquele caso do ministro cujo dente caiu na hora que ele estava falando? Puxa...outro copo de vodka?
- Olha...quer saber de uma coisa?
- Já sei...vai me deixar sozinho aqui né? Eu já esperava. Fique à vontade.
- Não...eu vou fazer outra coisa...
( E lascou um beijo na boca do moço. E ele que estava na seca há muito tempo correspondeu com entusiasmo. Foi um beijo de 10 minutos)
- Puxa, vc me surpreendeu.
- Nossa...eu engoli o seu chicletes...espera aí...você está banguelo...ahhhhhhhhhhhhhhh !!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário