segunda-feira, 10 de abril de 2017

ASSÉDIO FATAL


Enquanto isso naquele clube.

- Nossa. Que delicia aquela menina hein?
- Fala baixo, rapaz...
- Por que?
- Não tá sabendo da lei não? Cantar uma menina tá dando até cadeia.
- Ué. Mas eu não estou cantando. Estou comentando com você.
- Nem pensar é bom. Vai que tem um microfone escondido aqui, câmeras de segurança.
- Calma sô. Não é assim também não.
- Não é assim? Sabe o Waltão? Ele foi denunciado por uma menina por que chegou perto dela e falou: E aí?  Tudo bem?
- Por causa de um: “E aí, tudo bem?”
- Sim. Ela virou pra ele e falou: como assim tudo bem? Você está querendo insinuar que tá tudo bem, que eu levo vida fácil? Tá insinuando que eu sou uma prostituta é ? Ela chamou a segurança e denunciou que ele tinha chamado ela de puta. Ele foi expulso do clube.
- Sério mesmo?
- Hoje em dia você tem de tomar cuidado pra chegar numa menina.
- Pois é. Precisamos encontrar táticas perfeitas, sem riscos.
- A gente pode usar o celular. Pode mandar mensagens.
- Mas pra isso precisamos saber o nome delas.
- Então vamos perguntar, uai.
- Que isso, sô. Ela pode encarar isso como assédio.
- Mas como assim?
- Vai que você chega perto dela e diz: E aí? Qual é seu nome? Ela pode interpretar que você tá cantando ela e chamar o segurança. Viu o que aconteceu com o Waltão?
- Minha nossa senhora. O que vamos fazer então?
- Só tem um jeito.
- E qual?

- É só você ficar comigo ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário