quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

A CULPA

Enquanto isso naquela barbearia

- Não sei não. Estou achando que o pessoal tá com mania de perseguição com a SAMARCO. É claro que não foi bom pra eles também o que aconteceu.
- Ah. Não acredito que você vai ficar defendendo esses exploradores...
- Não é isso. Eles também são vítimas,  sô.
- Vítimas são as famílias que perderam suas casas, as pessoas que morreram.
- É claro. Mas a Samarco também está se ferrando. Eles podem até quebrar. Imagina as famílias que dependem da atividade da mineração?
- Não quebram nada. A empresa é da Vale, que tem dinheiro demais.
- Não sei não. O pessoal tá com medo é de perder os empregos.
- Culpa do FHC. Ele privatizou a VALE. Se fosse estatal não aconteceria esse problema
- Já entendi. O objetivo então é culpar o FHC e reprivatizar. Mas...e a Petrobrás?
- O que tem a Petrobrás?
- Não privatizou mas roubaram tudo. E aí?
- Quem roubou?
- O PT.
- Espere aí. Não foi o PT. Foram diversos políticos de diversos partidos.
- Comprados pelo PT.
- Mas tá provado que teve ladrão de todos os partidos.
- Mas a culpa é do PT. Foi a Dilma e sua turma que comprou a Refinaria de Passadena, que utilizou a estatal pra fazer campanhas.
- Espere um pouco. Vocês querem jogar a culpa de tudo no PT.
- Você também não culpou o FHC pela privatização da VALE e da SAMARCO?
- Mas é verdade mesmo...
- Então o PT também é culpado pela roubalheira na Petrobrás.
- Mas aí é diferente...
- Querem saber de uma coisa? Vamos mudar de assunto?
- Eu concordo. Vamos falar de que? 
- Pode ser. Que tal falarmos de futebol?
- Boa. Vocês viram que absurdo a corrupção nos estádios da copa? As autoridades lá de fora estão escandalizadas.
- Não vi essa reportagem.
- Deu na BBC, no New York Times.
- Jornais coxinhas.
- Culpa do PT.
- Já vem você de novo botando a culpa no PT.
- Mas é a realidade.
- Opa, opa, opa. Vamos mudar de assunto de novo...
- Vamos falar de Televisão. Vocês estão assistindo ao BBB?
- Você está ficando doido? Eu não vejo essa Rede Lodo de jeito nenhum. Só manipulação.
- Mas não gosta do BBB? É interessante...
- Eu não. Eu gostava mesmo é da TV Cultura.
- Mas por que “gostava”. Não gosta mais?
- Eu gostava mais, porém o governador Alkmin acabou com a maioria dos programas. Culpa do PSDB.
- Fuuunn. Quem soltou essa carniça aqui dentro? Pelo amor de Deus. Aqui é um estabelecimento de respeito.
- ( silêncio).
- Não vou nem acender fósforo, senão incinerarei todos vocês.
- Culpa da feijoada do Manoel.

sábado, 23 de janeiro de 2016

ETS NO CARNAVAL



Enquanto isso, aqueles ETs sobrevoavam a terra.

( com tradução automática).

- Vamos descer naquela planície verde e ali faremos contato com os habitantes desse planeta.
- Ok. Descendo então sobre local plano e gramado...
- Parece um local tranquilo. Tem uns humanoides em atitudes estranhas.
- Como assim?
- Eles estão soprando uns apitos esquisitos, fazendo barulho tocando alguns objetos cilíndricos. Alguns dançam com os dedos pra cima. O que será que significa esse folguedo?
- Vamos descer do disco e travar contato com eles. Não parecem muito assustados com a nossa presença.
- Pois é. Isso é que estou achando muito incomum. Vamos lá conversar com os terráqueos.
( e iniciaram a abordagem)
- Ei terráqueo. Por favor. Como é que falamos com seu líder?
- Pô, aí? ... fantasia maneira hein?
- XYZ. Por favor veja no tradutor universal o significado de fantasia.
- Puxa, grand líder. Aqui tá falando que fantasia é quando você fica imaginando como será copular com alguém, fica imaginando uma noite de amor com alguém desejado.
- Tradutor obsceno, XY. Por favor, terráqueo> em que época do ano estamos?
- Estamos no carnaval. E vocês deveriam entrar no concurso de fantasias. As suas são muito reais. Quer tomar um vulcão?
- O que é vulcão?
- A bebida que eu tenho aqui no meu cantil.
- Deixa eu experimentar.
- Ai tem Cinzano, Pinga, Campari, Tequila, Wisck, Vodka, Conhaque, Run, Martini e campari.
- Que isso? Combustível espacial?
- Olha aí. Não aguenta beber...
- Olha só. Nós somos do planeta gemini, da 3ª dimensão. Precisamos conversar com o líder de vocês. Queremos ajuda-los a salvar algumas nascentes que podem se perder se o pessoal não parar de destruir as matas.
- Puxa vida. Vocês levam a sério mesmo essa história hein? Relax. Olha lá. Tá vindo um bloco. Vamos cair no carnaval?
- Será? O pessoal não vai nos estranhar não?
- Que nada. Tem muitos ETs companheiros seus lá, vampiros, morcegos, piratas, pierrôs e colombinas, Dilmas, Cunhas...seres mais estranhos que vocês. Podem ficar tranquilos...
- Olhem...muitos humanos tocando objetos cilindros com som de trovão.
- E vejam que roupas bonitas e reluzentes. E tem algumas terráqueas com pouquíssima roupa, como se quisessem mostrar os corpos. E elas rebolam de um jeito que deixa os terráqueos malucos.
- Elas são lindas e quando dançam liberam toda a sensualidade. Quem beija essas meninas fica dominado pro resto de suas vidas.
- Vocês terráqueos vivem assim o tempo inteiro? Parecem malucos, irresponsáveis, são extremamente irreverentes, dançam o tempo inteiro, ficam rindo felizes, apesar dos problemas da vida.
- Não vivemos assim o tempo inteiro. Mas ainda bem que temos o carnaval pra viver a fantasia de sermos o que não somos...ou que somos, mas não vivemos.
- Gostamos. Vamos tentar lançar um carnaval em nosso planeta também. Mas agora, se importaria de nos levar ao seu líder?
- Eu te levo no nosso líder, mas só se vocês prometerem entrar no concurso de fantasias e carros alegóricos. Aquele disco seus é bem maneiro também...
- Combinado então. Vou lhe apresentar ao nosso líder...Rodrigooo. Ô Rodrigo. O moço aqui quer conversar com você. Ele tem um projeto para proteger as nascentes da região. O que podemos fazer por ele?
- O Sr é quem?
- Eu sou o prefeito da cidade, mas aqui só toco surdo. Podem contar comigo. Amigo dele é amigo meu. Por favor, deixe seu projeto com ele que vamos estudar. Nunca deixo de atendê-lo. Agora você vai dar licença que tenho de voltar pra bateria.
- Posso confiar?
- Com certeza. Eu sou do campo. Proteger a natureza é comigo mesmo.
- E aí? Cumprida a minha parte?
- Sim. Podemos confiar no prefeito?
- Claro.Eu trabalho com ele na prefeitura. É de palavra.
- Então podemos voltar pro nosso planeta.
- Espere aí. Pode voltar nada. E o concurso de fantasia? E o carro alegórico?
- Tá bom então. Vamos fazer o que você pede. O que precisamos fazer?
- Deixa comigo. Se ganharmos o prêmio é meu hein? São 150 caixas de cerveja. O paraíso na terra...

NOSSO AMIGO INSCREVEU OS ETS NO CONCURSO DE FANTASIAS, MAS NÃO VENCERAM. PINTOU UM SUJEITO VESTIDO DE MICHAEL JACKSON MAIS CONVINCENTE. MAS TIVERAM MENÇÃO HONROSA E FICARAM FELIZES. O CARRO ALEGÓRICO TAMBÉM PERDEU PARA UM CARRO BALEIA GIGANTE E SEU MESTRE JONAS. DEPOIS DO DESFILE NOSSOS AMIGOS ETS SIMPLESMENTE LEVANTARAM VÔO, MAS NINGUÉM PERCEBEU É QUE UMA TERRÁQUEA MARAVILHOSA RESOLVEU TOMAR BANHO NUA NA FONTE QUE FICAVA NO MEIO DA PRAÇA. COISAS DE CARNAVAL. 

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

O BLOCO DOS MAGISTRATOS

Enquanto isso naquela ponte...

- Olá.
- Oi.
- Vim aqui na ponte pra fazer algo que não quero que as pessoas vejam.
- Eu também.
- Então você fica com esse lado da ponte que eu fico do lado de cá.
- Tá bom então.
- Mas peraí. Você veio até a ponte pra mijar?
- Sim. Qual o problema? E você?
- Inacreditável. Como é que um cara pode usar uma ponte dessas pra mijar. Que nojeira.
- Mas você veio fazer o que aqui?
- Vim suicidar, seu burro. Dar fim na minha vida.
- Ah pelo amor de Deus. Não faça isso de jeito nenhum.
- Por que. Não vai me fazer aquele velho discurso de que sempre existe uma segunda chance, de que é covardia, que minha alma vai pro inferno direto...
- Não é isso. Só não quero que pule no rio. Já tá uma poluição danada, tem lama disso e daquilo...e você tem cara de ser um desses caras que se droga com um monte de remédios. Vai matar os peixes.
- Mas você não tem nenhuma sensibilidade? Não consegue se condoer da dor de um ser humano desesperado?
- Eu não estou é conseguindo mijar. Quer olhar pro outro lado por favor?
- Era só essa que me faltava. Eu vou pular.
- Não! Não pule.
- Eu vou pular. Minha situação é complicada, sem esperanças.
- Calma. Milagres acontecem. Além do mais, tem maneiras mais inteligentes de se matar. Faça turismo nos Estados Unidos e pule no Grand Canyon. Que tal pular dentro de um vulcão?
- Será?
- Mas é claro. Você só vai ter de adiar um pouco. Eu te aconselho a fazer o seguinte. Curta o carnaval nesses 4 dias  e depois você pensa o que fazer...
- É. Pensando bem. Mas você é o que? É advogado?
- Que nada. KKK. Eu sou trabalhador da prefeitura. Isso que estou vestindo é minha fantasia de carnaval. Saio no Bloco dos Magistratos. O povão se veste de doutor.
- É mesmo? Não brinco carnaval há muitos anos?
- Uai. Então venha comigo. Você já está de terno e gravata mesmo.
- E Vou mesmo. Tome aqui. Tenho até uma garrafinha de cachaça de Curvelo.
- Não é veneno né?
- Pelo contrário. Eu queria tomar uma boa cachaça pra levar uma boa lembrança desse mundo cruel.
- Então vamos cair na folia...é só botar os dedinhos pra cima que a magia acontece...

E os dois entraram no cordão do carnaval e saíram brincando pela rua cheia de gente.  Pelas últimas notícias que tivemos, o nosso herói ex suicida caiu no carnaval, arrumou uma namorada que morava em portugal, apaixonou-se, mudou com ela para a terrinha, montaram  uma empresa, ficaram ricos e ele conseguiu pagar todas as suas pendências. Já o trabalhador da prefeitura continua saindo no Bloco dos Magistratos até hoje. É doutor em alegria. *O Rio foi canalizado, a ponte foi demolida e hoje existe um viaduto no lugar. 

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

PUXANDO A SARDINHA: CARNAVAL DE ALVINÓPOLIS 2016


O Carnaval em Alvinópolis este ano tem tudo pra bombar.
Primeiro por que começa logo no dia 05 de fevereiro, dia do aniversário da cidade.
Depois por que 2016 é ano do centenário do Alvinopolense, um dos clubes mais tradicionais da região.
O carnaval de Alvipa já vem numa crescente nos últimos anos, com o surgimento de blocos gigantescos como os Piratas, Quebradeiros, entre outros.
Mas este ano Alvinópolis terá mais atrações.
A Escola de Samba Unidos do Morro desfilará homenageando os 100 anos do alvinegro do gaspar, que também é forte na Vila Manoel Puig e no mundo inteiro.
Por encomenda do Carnavalesco Aurélio, tive a honra de compor o samba do Unidos do Morro deste ano e o tema será Alvinopolense, SAMBA, FUTEBOL E PAIXÃO, os 100 anos do clube mais popular da cidade.
Aliás, será um ano de muitas comemorações.
Foi lançada uma camisa comemorativa retrô maravilhosa, que está sendo vendida no Ninho da Águia, tradicional reduto dos alvinegros mais fanáticos.
Outra atração no carnaval será a bateria Colibri, iniciativa da Fundação Bio Extratus, que vem emprestando brilho especial a quase todos os eventos alvinopolenses nos últimos anos e principalmente no carnaval. A turma lá é foliã e adora festas e isso é muito bom pra cidade.
Outros blocos tradicionais farão a alegria dos foliões, como o tradicional bloco do saco sujo, das mariquitas, das piranhas, do SEFEVA, da APAE, entre outros.  
É claro que além de toda brincadeira, do grande teatro popular, vai ter muita gente bonita, muito namoro, muito beijo na boca...e muita cerveja pra deixar a galera no grau.
A Prefeitura ainda não divulgou a programação oficial. Tradicionalmente contrata bandas de axé e carnaval e faz bailes populares na praça da baixada. Mas o carnaval de rua, o carnaval da iniciativa das pessoas é que realmente faz a diferença. Se a prefeitura e os órgãos competentes oferecerem segurança e estrutura pro pessoal brincar já tá bom demais. O resto vai no coração...
E que o pessoal também saiba brincar sem depredar o patrimônio público, sem urinar pra todo lado, sem jogar lixo em qualquer lugar, brincando com alegria.