sexta-feira, 16 de setembro de 2016

BR 171 - A RODOVIA DA MENTIRA - EX 381

Sugiro que sejam trocadas todas as placas na rodovia da morte. Em homenagem aos nossos políticos, vamos rebatizá-las como BR 171. Durante todo esse meu breve tempo aqui na terra, nunca vi uma obra mais prometida, mas utilizada eleitoralmente e mais desprezada pelos nossos políticos. E olha que da última vez que foi anunciada a duplicação, fui voz do otimismo. Fui a algumas audiências públicas, criei blogs e grupos de Facebook. Em uma postagem cheguei até sugerir que, se a rodovia fosse realmente concretizada, deveria se chamar “Rodovia Dilma Rousseff”. E eu fui avisado de que se tratava de uma obra cenário, algo apenas para enganar o povo durante a época eleitoral e que tudo iria parar depois da eleição. E gradativamente é isso que vem acontecendo. Até que recentemente saiu notícia de que o Temer não pretende levar adiante. O certo é que quem prometeu não fez... e quem não prometeu lava as mãos. E aí? O que nós cidadãos faremos? Parece que o número de acidentes com mortes diminuiu, primeiro por causa dos radares e das multas e depois por que o trajeto ficou mais lento, com várias interrupções em função das obras. Como diminuíram os acidentes, as pessoas tendem a relaxar e a esquecer. Já teve gente que veio puxar a minha orelha, dizendo que a obra é desnecessária, que a culpa é dos motoristas. É mais ou menos como culpar os atropelados pelos atropelamentos, culpar a estuprada pelo estupro. Como é ruim a sensação da gente se sentir enganado. Como defender uma geração política como a que temos hoje? Eu simplesmente não consigo entender como é que os políticos votados em nossa região não criam uma bancada da BR 171(381), pra convencer o país sobre a sua importância. Quando acontece algum acidente eles dão entrevistas, fazem reunião no DNIT, tomam cafezinho com ministro, dão entrevista coletiva e fica por aí. Aliás, o DNIT é uma empresa pública, porém quase privativa de um partido. Mas...também não entendo como a USIMINAS, AÇOMINAS, GERDAU, ARCELOR e tantas outras não se insurgem contra o descaso dos governos passantes para com uma via de transportes que é contraproducente, insegura tanto para cargas como para com as vidas humanas. Então quero propor esse re-batismo urgente, pelo menos marginal, informal. Vamos chamar a partir de agora de BR 171, a rodovia da mentira...

Nenhum comentário:

Postar um comentário