segunda-feira, 1 de agosto de 2016

OS NEUTROS NÃO SÃO ACEITOS


Enquanto isso naquela faculdade..

- E aí caloura? Tá gostando da universidade?
- Estou sim. Eu sonhava em estudar psicologia. Estou amando o curso.
- Eu também. E aí? Vai na passeata hoje?
- Que passeata?
- Eu sei lá. Parece que é pra protestar contra alguma coisa.
- Eu não. Não tenho tempo pra essas coisas. Eu prefiro estudar...
- Mas a passeata é legal. Vai uma galera, costuma rolar uma bebidas de graça...pãozinho com mortadela...
- Ah não. Eu não me ligo nessas coisas...
- Sério? Mas você não é de esquerda?
- De esquerda? Eu não sou nem de esquerda nem de direita, não sou de lado nenhum.
- Para com isso. Os neutros não são bem vistos. 
- Mas por que? Não estamos numa democracia?
- E vou lhe dar um conselho viu? É melhor vc ser de esquerda. Aqui os professores são de esquerda e a maioria dos alunos também.
- Ah...mas eu não gosto dessas coisas. Eu quero estudar é Freud, Lacan, Jung, não me ligo em Marx, Engels, Nitzche. Me desculpe se você é fã.
- Eu não. Eu gosto é da agitação.
- Então você não é de esquerda também?
- Ah...eu sou. Acho bacana ser de esquerda, ser rebelde.. Eu gosto do Che Guevara, pois acho as camisas legais. Também gosto do Mojica, pois ele liberou a marijuana lá no Uruguai. Gosto também do Gandhi, do Messi...
- E essa camisa do PC do B?
- É pra ser aceito nos grupos...e frequentar umas festas maneiras.
- Sei...mas aqui...esse negócio de esquerda e direita eu acho uma bobagem...não tenho partido.
- Você escreve com a mão direita ou direita?
- Eu sou canhota.
- Viu como foi fácil? Você então é de esquerda.
- E o que isso significa?
- Uai. Que você tem de vestir roupa vermelha e passar a falar que tudo é golpe ... protestar, ir nas passeatas ... vamos juntos...vai ser maneiro...
- Ah...mas eu nem gosto de vermelho...
- Uai...que cor prefere?
- Eu prefiro amarelo ou azul.
- Ihh...pelo visto é coxinha...
- Também não. Eu prefiro quibe. Não gosto de carne de frango.
- Você precisa se decidir. Assim vai ficar muito deslocada por aqui.
- Quer saber de uma coisa? Vou passar a usar só roupa branca. Só quero paz.
- Não vai adiantar. O pessoal não aceita quem fica em cima do muro. Você precisa se posicionar....
- Meu Deus do céu, como é que eu vou fazer? Então eu sou obrigada a ser esquerda ou direita?
- Pois é...
- Então vamos no unidunitê...mamãe mandou eu bater nesse daqui. Eu fui teimosa e bati nesse daqui...ih...deu direita. Então a partir de agora eu sou de direita. Tá decidido.
- Que pena. Eu até que te achei bonita e sei lá. Pensei em nós dois juntos. Mas infelizmente não vamos poder mais conversar...
- Mais por que?
- Por que você é coxinha. Não converso com golpista. Tchau...

Nenhum comentário:

Postar um comentário