quinta-feira, 28 de julho de 2016

ORAÇÃO POLÍTICA


Enquanto isso naquela montanha, um homem orava em voz alta:

- Ó Deus misericordioso. Rogai por nós. Faça com que finalmente tenhamos políticos de bom coração, boa índole, bem intencionados e competentes no poder.  Faça com que a legislação funcione e os maus sejam realmente punidos e afastados da vida pública. Faça, senhor, que o sujeito que afanar os cofres públicos pegue uma coceira na mão, mas uma coceira tão forte que tenha de coçar com faca até chegar nos ossos. Que o nosso povo finalmente vote com a razão e não com a emoção. Que saiba escolher não o mais popular, mas o mais competente. Que nossos homens públicos, ao ascenderem ao poder, não levem pra dentro da prefeitura os amigos pra preencher os cargos, mas pessoas realmente competentes e vocacionadas. E que todos que continuarem insistindo em votar nos ladrões acordem no outro dia com a palavra BURRO tatuada na testa. Que as empresas também tomem vergonha e parem de oferecer bolas para os políticos. E que as empresas que assim agirem, sejam denunciadas e as pessoas parem de consumir seus produtos ou serviços. Se o senhor também puder mandar um meteorito incandescente em cima também ajuda.  E Deus. Mais uma coisa. Puna os políticos que deixaram obras importantes sem finalizar só por que foram iniciadas na administração anterior. Para esses, uma incontinência urinária e desinteria eterna já ajudam. Já que não quiseram acabar as obras, que as obras os punam.  Deus, e que tenhamos vereadores que realmente mereçam os votos dos cidadãos. Que paremos de eleger o zé da bulança, o zé do caminhão de leite e passemos a eleger vereadores que vão realmente trabalhar. E se não trabalharem, que peguem uma ziguizira daquelas, uma dor que ferroa toda vez que eles estiverem morcegando. E que tenhamos partidos com ideias afins e não quadrilhas que se unem pra rezar juntos.  E que o Brasil finalmente entre no rumo certo e saia da armadilha da dualidade ideológica que gera inércia e impede o nosso desenvolvimento.

De repente um barulhão

- Tem alguém aí?
- Sim
- Quem?
- Sou eu!
- Eu quem?
- Você me convocou...
- Deus?
- Ai você tava querendo demais né? Sou um anjo, pô.
- Puxa vida. Mas isso é um milagre. Rola um self?
- Não adianta. Não sai nas filmagens. Mas aqui...não acha que tá querendo demais?
- O que? Pedir pela moralização da política?
- Ô meu fi. Esquece esse trem. Peça uns milagres mais simples, mais fáceis de realizar...
- Mas seu anjo...a política atrapalha a gente demais.
- Eu sei...mas sabe o que acontece? Esse tipo de coisas não é da nossa alçada. Entendeu? Tente pedir pra ganhar na loteria, viajar pra Acapulco. É bem mais fácil...
- Ah...mas eu gosto de política...o que é que eu faço?
- Bem, nesse caso então vou ter de chamar um outro irmão meu pra falar com você...Ô mano...vem cá conversar com esse senhor aqui...
- Puxa anjo gente boa. Valeu hein?
- Não tem de que...agora é com vocês.
- Prazer. Meu nome é Lúcifer. O que você deseja?...

Nenhum comentário:

Postar um comentário