sábado, 2 de julho de 2016

IMAGINE...

Imagine que você nasça num país muçulmano. É bem provável que seja educado segundo o Alcorão. Também vai achar que o ocidente é dominado por satanás. E que é obrigação de um seguidor de Alah combater o demônio onde ele se encontre. E vai pensar que é legítimo o sujeito vestir uma roupa de bombas e explodir pecadores em seus templos de consumo. E vai achar legítimo que se combata outras crenças em nome de Alah. E não vai entender como alguém pode adorar o profeta Cristo, já que pode conectar-se de forma direta a Alah, desde que siga seus rígidos preceitos. Agora imagine que você nasça num país budista, no Tibeh por exemplo. Vai ter sua mente preenchida com outros conteúdos, mais pacifistas, mas também rígidos. Agora imagine que você nasça numa pátria sem religiões, mas regida por um rígido controle social, onde todos são iguais e suas profissões e sobrevida são controlados pelo estado. Agora imagine que você nasça e renasça diversas vezes passando por todas essas experiências humanas e espirituais, evoluindo seguidamente como dizem os kardecistas, os filósofos e a história. Só podemos pedir a Deus, seja ele quem for ou o que for, que nos dê paciência, tolerância e capacidade de amar o outro, apesar das diferenças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário