quinta-feira, 19 de novembro de 2015

PREVISÕES PARA 2016? JÁ?

ENQUANTO ISSO NAQUELE PROGRAMA DE TV

- Olá amigos, no nosso programa QUASE VERDADE de hoje, vamos conversar com nosso futurólogo tecno-holístico, Gerrard de La Silva. Bom dia, Gerrard!
- Bom dia a você e aos amigos telespectadores.
- Mas me diga uma coisa. De onde vem esse Gerrard?
- Vem de um empresário que eu tive. Na verdade meu nome é Geraldo da Silva, mas ele achava muito simplório, por isso propôs Gerrard de La Silva. E acabou virando grife.
- Ah...tá entendido. Mas você se tornou um vidente famoso, uma referência na área. Como conseguiu chegar a essa reputação num meio tão cheio de suspeitas de falsidade ideológica e ilusionismo?
- É simples. Eu pesquiso e falo o óbvio.
- Mas então vamos satisfazer a curiosidade da nossa audiência. Quais você considera as maiores novidades para 2016?
- Eu vou falar de várias tendências. Uma delas é a agenda positiva.
- Espere aí. Você fala da Agenda positiva do governo?
- Não.  A Agenda positiva é um novo lançamento no mercado, uma agenda tablet que terá a vantagem de só marcar eventos positivos e apagar tudo que for ruim. Com essa agenda, não tem jeito de nada dar errado. Junto, vem um feed só de notícias boas.
- Puxa, mas o PT vai gostar.
- É. Pode ser. Outra coisa que vai bombar é o APP espelho, um aplicativo que se transforma instantaneamente em espelho promete ser a próxima febre. Só tem uma coisa que as mulheres admiram mais que seus celulares: são seus rostos refletidos no espelho. Os apps garantirão uma precisão muito superior aos espelhos convencionais, inclusive com zoom.
- Nossa. Até eu vou querer pra conferir a maquiagem
- Mas novidade mesmo serão as Usinas de energia humana
-  Mas o que será isso?
- Serão centros de geração de energia municiados com 200 bicicletas ergonométricas que vão gerar energia que será utilizada nos hospitais, centros sociais e complexos esportivos da cidade. As pessoas vão deixar de ser sedentárias, farão exercícios aeróbicos e ao mesmo tempo contribuirão com suas cidades, poupando também o meio ambiente ao produzir uma energia limpa.
- Mas isso é muito interessante.
- Teremos também o Início da Popularização dos automóveis elétricos. Um novo modelo de automóvel elétrico se popularizará no japão, com boa performance, maior autonomia e grande simplicidade para reabastecimento. O novo carro vai virar uma febre e começará a ser lançado nas principais capitais do planeta.
- Mas vamos falar de moda?
- Mas é claro. A moda vai ser sustentabilidade. A palavra vai se tornar fashion. Finalmente a sustentabilidade se instituirá como questão fundamental e orgânica em tudo que se fizer nos países civilizados. A própria sociedade acordará da letargia e começará a opinar e exigir das autoridades completo rigor no que diz respeito as atividades industriais e suas consequências para o meio ambiente. Deixará de ser discurso pra virar cultura e prática.
- E a exploração espacial? Teremos novidades?
- Teremos uma novidade incrível. Aquele recurso das dobras espaciais da nave enterprise deixará de ser hipótese para ter comprovação nas leis da física. A Nasa revelará que está desenvolvendo uma tecnologia que  teletransportará qualquer energia ou matéria para qualquer ponto do universo.
- E o Rio Doce?
- As pessoas em todas as cidades passarão a ser guardiões do Rio, farão expedições e visitarão regularmente, limpando como puderem .As empresas também trabalharão em sintonia com o governo para minorar os problemas, todos abraçando e trabalhando para que o rio doce ressuscite.  
- E a política?
- Surgirão novas lideranças no Brasil. Cansado dos safados de sempre, o povo passará a rejeitar os políticos envolvidos em negociatas e corruptelas e começará a procurar outros líderes ainda não viciados com o esquemão, fora dos sindicatos de malandros, pessoas de vida limpa e com competência pra fazer o que precisa ser feito. Haverá  uma renovação radical no mosaico político do país.
- E a internet? Vai melhorar?
- Enfim, vai Internet Banda Larga pra todo mundo. O Brasil entra para o seleto clube dos países que oferece Internet de alta qualidade em qualquer ponto do território nacional, com 4G a custos bem baixos, devido a altíssima popularização.
- E a crise? Vai passar?
- A crise continuará, mas não resistirá ao trabalho. Muitos ficarão sem empregos mas todos vão se virar. Está havendo uma mudança radical nas matrizes de empregos, novos arranjos surgirão, muitas empresas não sobreviverão e outras serão constituídas. Vai diminuir o fluxo de dinheiro circulando, o setor de serviços sofrerá mais revezes, mas sobreviveremos até a próxima bonança.
- E a sexualidade? Haverá avanços na quebra de preconceitos?
- Sim. As pessoas vão enxergar que não precisam agredir a posição do outro por causa da própria opção. Se cada um ficar no seu quadrado, tudo ficará em paz.
- E sobre a intolerância religiosa?
- Vale o mesmo da resposta anterior. Cada um na sua e tá tudo certo.
- E na música? O que estará nas paradas em 2016?
- As pessoas tenderão mais à reflexão. Vão ficar mais exigentes com a música que consumirão, com as letras, as poesias. É claro que vai continuar rolando a festa, mas haverá mais espaços para a música autoral, para a renovação das bibliotecas musicais, para a curiosidade intelectual.
- E como você definiria o ano de 2016?
- Será o ano da super ação...assim em separado. Super atitude, super saco, super paciência, super tolerância, super disposição pra fazer o nosso melhor.
- Bom, o QUASE DE VERDADE de hoje fica por aqui. Obrigado ao futurólogo holístico Gerrard de La Silva pela entrevista. Um 2016 de SUPERAÇÃO pra todo mundo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário