terça-feira, 28 de julho de 2015

PROJETOS CULTURAIS SENSACIONAIS

Projetos culturais muito legais e generosos vem acontecendo pelo país afora. Não são eventos faraônicos que custam 100, 500 mil, um milhão de reais. São projetos muito baratos, mas feitos com tanto carinho, com tanto amor e cuidado que  valem mais que qualquer megafesta eleitoreira.

PROJETO ESTAÇÕES DA MÚSICA NA PRAÇA – PASSA TEMPO - MG

O Projeto idealizado pelo cantor e produtor cultural BIANC AMORIM leva música de qualidade para a população de Passa Tempo, sempre de graça na principal praça da cidade. Bianc tem um bom gosto incrível e conseguiu montar um esquema muito interessante. Adquiriu uma barraca balão inflável e adaptou um palco pequeno, mas tão bonito, tão lúdico que tem encantado os passatempenses. É claro que a luta do moço é difícil. Conseguir patrocínios para bancar a estrutura dos shows não é fácil. Mas quem é que consegue segurar um coração determinado? Bianc luta daqui, luta dali, faz contatos, negocia com os artistas, faz de tudo um pouco e o projeto continua de vento em popa. É um projeto lindo sob todos os aspectos. Em primeiro lugar por representar uma vitrine aberta para os artistas, em shows intimistas, quase acústicos. Depois por oferecer ao público um menu musical alternativo, fora do esquema sertanejo-funk-pagode do mercado. BIANC já levou o projeto para outras cidades também, pois a estrutura é enxuta, fácil de ser transportada. Que os Deuses da arte protejam esse batalhador incansável e lhes dê saúde pra levar o ESTAÇÕES DA MÚSICA a muitas praças Mineiras.

PROJETO PARA TODOS
Outra ideia muito, muito linda mesmo é o Projeto Para Todos, capitaneado pelo músico, cantor, compositor e produtor Cristiano Salazar. Cristiano é mineiro de Teófilo Otoni, um dos artistas mais completos que conheço. O projeto, além de ter uma concepção visual belíssima, leva até as populações das cidades lindos espetáculos musicais, além de palhaços e brincadeiras. Shows lúdicos, para crianças de todas as idades. A ironia é que o projeto PARA TODOS foi aprovado pela lei de incentivo à cultura e tem viajado para diversas cidades, só não emplacando em Teófilo Otoni, terra natal do Cristiano. Parece que a Prefeitura de Teófilo Otoni não apoiou o projeto. Embarreiramento político ou a maldição do santo de casa? Não sei. Sei que perde a TO e ganham as outras cidades, que podem apreciar e se encantar com o PARA TODOS. Que Deus dê ao Cristiano e parceiros muita saúde pra continuar levando essa beleza para tantas pessoas. Assim como o projeto Estações da Música, é um projeto muito barato, onde os patrocinadores podem colaborar com renúncia fiscal.

OS DOIS PROJETOS TOPAM VIAJAR

Caso qualquer cidade queira levar um dos dois projetos, só pesquisar na internet e falar com Cristiano Salazar ou Bianc Amorim. Fácil encontrá-los no Facebook. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário