terça-feira, 8 de abril de 2014

COVERS

O artesanato substitui a arte.
e a cópia rende mais que o original.
Milhões de Monalisas pelo mundo.
Aleijadinho replicado e seriado.
Salvador daqui e dali.
Relógios e tablets derretidos.
Monet na feira do mineirinho.
Portinari revestindo 
as paredes do shopping
Novidades? 
Pra que?
Curiosidade intelectual?
Demodé!
Preferíveis os covers.
Vozes, solos, 
réplicas do original.
E viva a cultura da cópia.
Os sertanejos universitários.
Os funks de boutique.
As zilhões de barbies repaginadas.
As cópias, das cópias, das cópias.
Produção em série, 
industrial,comercial.
Tudo pronto para o consumo.
Certo estão 
Paraguai e China,
piratas modernos
que copiam 
e revendem sem culpas
E quem não copia
se desajusta.
Por isso não crie, 
copie.
Antes xing ling rico
que Van Gogh na miséria.




Nenhum comentário:

Postar um comentário