sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

TEMPESTADE DE MENTIRAS

Como nos proteger da tempestade de mentiras que anda desabando sobre nós? Não adianta guarda-chuva ou sombrinha, pois as tempestades vêm de todas as direções.E é bom nos prepararmos, pois os temporais vão piorar. Quem sabe um aplicativo mentirômetro para nos proteger? Olha aí uma ideia: um aplicativo que cheque as mensagens antes da publicação. Que nem aqueles equipamentos pra ver se as notas de reais não são falsas. E vejam a ironia. Nosso dinheiro é o real, que vem do plano real. O plano real foi gestado no governo do Itamar, foi alimentado em seus primeiros anos no governo do FHC e ganhou  força no governo do Lula e da Dilma. E agora? A oposição faz o que tem de fazer mesmo. Procura flancos pra bater. O PT também batia quando era oposição e batia muito.Algumas críticas podem ser benéficas e ajudar a corrigir rumos.Eu tenho várias e posso até enumerar algumas: esse namoro com cuba é um romantismo que convém à cúpula no poder, mas duvido que corresponda à vontade do povo brasileiro.A questão da BR 381 não ter tido priorizada e ser objeto de promessas seguidas é minha primeira grande decepção.Tá tudo gravado em áudio e vídeo pra quem quiser ver, com releases publicados nos principais jornais e sites. Parece que o pessoal perdeu a noção. Toda vez que vem a Minas fazem discurso, sacam de promessas pra agradar a plateia. Mas pra sair do papel é um custo...isso quando sai.Esses seguidos adiamentos dessa obra pra mim são de uma desumanidade que chega a doer. E os políticos que nos representam de vez em quando fazem um movimento pra tirar foto e não passa disso.Confesso que gosto muito de alguns projetos do governo. Sobre a Transposição do São Francisco, em princípio fiquei relutante por temer os danos ao meio ambiente. Mas depois, analisando e debatendo, depois de me lembrar de passagens de livros que li, de uma viagem que fiz pelo interior da Bahia, reconheci que a obra é acima de tudo humanitária. Mas a síndrome dos adiamentos pegou por lá também. A Globo fez uma matéria bombástica denunciando abandono, descontinuidade e acusações de irregularidades. O governo demorou a se pronunciar e não o fez de forma contundente. O Ministro disse que esse ano haverá aceleração na obra. Coincidentemente, ano eleitoral. Dizem que fica tudo pronto em 2015. Não me surpreenderá se os anos forem sendo alongados ad infinitum. E infelizmente a presidenta se inscreveu no festival de mentiras.A Dilma prometeu mais um monte de coisas. Trem bala, metrô de BH, rodoanel, isso em Minas. Tem um vídeo rolando na internet com uma coletânea de promessas furadas. Desse jeito, vai ganhar o troféu Pinóquio 2014. Ela fala com muita empáfia que tirou 37 milhões da miséria e elevou mais alguns milhões para a classe média. É claro que essas afirmações tem respaldo em estatísticas e na própria pesquisa eleitoral que lhe dá ampla vantagem. Mas não será legal se colar nela a imagem de mentirosa. Vai que o povo compra a ideia e os índices começam a baixar. Eu acho que a Dilma deveria mudar o discurso. Ao invés de prometer ela pode dizer: Olha, nós sonhamos e estamos buscando viabilizar a Transposição do São Francisco. Mas tivemos percalços, etc e tal. Por que não aparece pra pedir desculpas ao povo na questão da BR 381, pois houve os problemas a, b e c e não deu pra fazer no tempo desejado? Por não dizer que é também um sonho dela, mas que a burocracia trava mais que deveria, que se solidariza com as vítimas, mas que já está quase tudo resolvido e vai acontecer o mais breve possível? Ela gosta de dizer que é mineira, mas não traduz esse amor em ações.. Outra coisa. Difícil aceitarmos esse porto em Cuba, esse investimento em infraestrutura no país centro americano, quando estamos precisando melhorar a nossa infraestrutura. Só pra ficar no principal: as rodovias estão sucateadas, as ferrovias inexistem, os aeroportos estão demandando obras, quer dizer, difícil engolir. Eu recomendaria à Dilma mudar um pouco o tom do discurso. Sonhos compartilhados ao invés de promessas que viram mentiras. E quanto à copa, sou totalmente a favor e vou torcer muito para que seja um sucesso. Nem me importo se o Brasil não levar a taça, mas que receba muito bem os povos do mundo e faça um belo espetáculo. Agora, o curioso é que quando eu defini o título e tema, em princípio estava pensando em falar  sobre as falsas reportagens e montagens fotográficas que saem todos os dias na net. Como filtrar? Sei lá. No fundo acho que ninguém quer filtros. Pra maioria, nem importa se os conteúdos forem verdadeiros ou falsos. Querem  atacar o outro lado ou defender um ponto de vista afim. Ai, compartilham qualquer coisa, como os palestinos que jogam seus morteiros por cima dos muros de Israel. Mas...só tem um jeito da gente se proteger da tempestade de mentiras: passando algumas horas do dia sozinho, sem internet, telefone desligado, sem jornais, rezando e pedindo a Deus aquilo que Salomão pediu um dia: sabedoria e discernimento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário