segunda-feira, 29 de julho de 2013

PROGRAMA TIPOS EXÓTICOS

NOSSA INTRÉPIDA REPÓRTER FOI AO ENCONTRO DE MAIS UM TIPO EXÓTICO...

- 1,2,3...começando a gravar...Olá pessoal. Hoje no nosso programa TIPOS EXÓTICOS, consegui uma coisa incrível: uma entrevista com o milionário João Ribeiro, que há anos vive recluso em  sua mansão sem contato com quase ninguém. Estamos chegando aqui na entrada da sua fortaleza que ocupa 10 quarteirões de um dos bairros mais valorizados da cidade. Estou chegando à recepção.

- Por favor. Estou agendada com o sr João Ribeiro.
- Pois não. Ele já está lhe aguardando. Só entrar por aquela porta. Não repare. Ele vai lhe atender enquanto faz sua ginástica matinal.
- Ok...obrigada. Puxa...estou entrando aqui na academia. Já estou vendo ele na bibicleta. Ele acenou pra mim...deixa eu ir até lá...João Ribeiro?
- Sim. Venha aqui mais perto.
- Nossa. Não para de trabalhar nem malhando?
- É uma Smartv, televisão e internet...tudo misturado.
- Muito legal. Um dia eu chego lá.
- Com certeza.
- Mas sr João Ribeiro. Não quero tomar muito do seu tempo.
- E nem vai. Você tem exatos 15 minutos.
- Mas Sr João...é pouco...
- É o que tenho.
- Então vamos ser rápidos...deixa eu pensar. Qual é a origem da sua fortuna?
- Vou te revelar uma coisa interessante. As pessoas acham que deve-se a minha empresa de material esportivo que tornou-se uma marca global e realmente vende bem. Mas eu fiquei rico mesmo foi com a invenção de um dispositivo para sistemas de computadores de aviões que é  capaz de prever qualquer desgaste ou pequena avaria. E descobri por acaso brincando com aeromodelos. Hoje forneço para todas as companhias aéreas
- Fornecedor único?
- Pois é.
- Puxa...mas o sr tem dinheiro, uma grande fortuna, é se me permite é até bem apessoado. Por que vive sozinho assim?
- Eu trabalho demais. Não tenho tempo para romance.
- Por acaso o sr é...
- Se sou gay? Não! Não tenho nada contra, mas não sou gay não.
- Então...
- É uma história muito triste. Quer mesmo saber?
- Claro...
- Vou te mostrar algumas matérias de jornal.
- Deixa eu ler...JOVEM MORRE MISTERIOSAMENTE...MULHER ENCONTRADA MORTA EM SEU APARTAMENTO. MORTE DE MULHERES ASSUSTA A CIDADE. Puxa! Mas onde você quer chegar?
- Continue lendo...
- Bem...são 8 mulheres que morreram misteriosamente. Mas onde o sr entra nisso?
- O drama é que eu havia saído com essas mulheres que morreram.
- S...sério?
- Eu comecei a enlouquecer, pois não sou assassino e tinha certeza que não tinha envenenado ninguém,
- Mas então? O que lhe aconteceu depois?
- Procurei uma psiquiatra
- E aí?
- Bom, acabou que essa psiquiatra me recomendou exame médico completo. Só que já nos conheciamos e tínhamos uma história mal resolvida do tempo do colégio. Estávamos lá no consultório e tal, depois da parte séria da consulta resolvemos fumar um cigarro. Daí que a coisa esquentou e acabamos nos atracando e fazendo amor no divã mesmo.
- Falta de ética dela. E aí?
- E aí que depois fui embora já pensando no exame médico no outro dia pela manhã. No outro dia acordei cedo e fui fazer o tal exame. Quando eu estava sentado na coleta de sangue meu telefone tocou. Era minha secretária dizendo que a Dra Alicia, a  psiquiatria havia sido encontrada morta em sua banheira.
- Caramba. Mas e aí?
- Aí que fiquei desesperado né? Mais uma mulher morta após ter contato comigo.
- E os exames médicos?
- Aí é que explico o motivo da minha reclusão. Depois desse acontecimento, mandei fazer um exame minucioso no meu sangue e nada foi detectado. Mas foi encontrado algo muito estranho na minha saliva.  Minhas glândulas salivares produzem uma substância que provoca choque anafilático nas mulheres após um tempo em seus organismos. Ao terem contato com minha saliva, essas mulheres tiveram surtos com efeitos semelhantes a crises por overdose de drogas. Na hora e fiquei louco. Mais pasmo ainda fiquei quando descobri que todas as mulheres com que havia me relacionado haviam morrido. Sem querer, eu matei todas as mulheres que amei.
- Nossa...mas o senhor conseguiu se curar?
- Eu criei um laboratório só pra isso, mas até hoje não conseguimos uma cura.
- Então tá.! Valeu a entrevista viu? Vou nessa...
- Espere...gostei de você...fique mais um pouco..queria lhe mostrar uma coisa....
- Fica pra outra vez. Tenho de terminar a reportagem
Nosso PESSOAS EXÓTICAS de hoje termina por aqui. Obrigado pela audiência. Tchau...
- Mas aqui...não quer mesmo ficar mais um pouco?
- Não posso mesmo. Estou atrasada.
- Espere aí...nem 3 beijinhos...

- Ahhhhhhhh....socorro...

sexta-feira, 26 de julho de 2013

20 CENTAVOS ( e o menino herói da holanda)


Existe uma estória holandesa sobre um menino que salvou o país ao fechar o buraco de um dique com o dedo. A Holanda é um país cuja maior parte do território fica abaixo do nível do mar. Por isso, enormes muralhas chamadas diques impedem o Mar do Norte de invadir a terra, inundando-a completamente. Há séculos o povo se esforça para manter as muralhas resistentes, a fim de que o país continue seco e em segurança. Até as crianças pequenas sabem que os diques precisam ser vigiados constantemente e que um buraco do tamanho de um dedo pode ser algo extremamente perigoso. Pois o  nosso menino herói estava colhendo flores quando viu o buraco no muro, colocou seu dedo e chamou as pessoas, que vieram com pás, com terra e impediram uma catástrofe. Talvez os 20 centavos tenham sido o buraco do muro não tapado no Brasil. E agora não tem jeito mais. O muro já está irremediavelmente rachado. De repente, escancaradas ficaram as vísceras do país. E tudo por causa de 20 centavos.  Não taparam o buraco no muro. O povo começou a exigir mais do que geladeira cheia e empregos. Chegou à conclusão que o transporte público estava horrível, a educação caindo pelas tabelas, a saúde doente e a corrupção operante e impune, além da gastança com a copa do mundo, enquanto tantos padecem em dificuldades e desconforto público. O movimento foi como uma mistura de tsunami com terremoto e tufão para o governo Dilma. O povo resolveu fazer valer a letra de Arnaldo Antunes. “A gente não quer só comida”. A popularidade da presidente despencou. Dona Dilma resolveu tentar surfar na onda. Propôs reformas importantes. Mas houve rejeição. Talvez tenha sido interpretado como um ato afoito, oportunista do governo, por ser unipartidário, uma imposição ao invés de uma pauta consensada. Ninguém pôde tirar proveito das manifestações, que rechaçaram qualquer manifestação partidária. Mas quem mais perdeu foi quem tinha pra perder, que foi a Presidenta Dilma. Existem distorções também. Com toda beleza da democracia, com o orgulho nacional pela emergente cidadania redescoberta, nem sempre os movimentos tem razão. Há distorções por não haver certos aprofundamentos. Pra mim, o momento poderia e deveria ser melhor utilizado sim pra discutir a Reforma Política. É o nosso principal problema. E olha lá o que vocês vão fazer com esse negócio do marco civil da internet. Será que os cabeças das manifestações estão atentos a isso? Será que existe cabeça? Tem muita rebeldia sem nexo, descargas juvenis e proveito por delinquentes de toda ordem. Mas como me disse um amigo filósofo, não há revolução sem vítimas. As manifestações geram prejuízos para os graúdos e para os miúdos também. Os políticos vão insistir nos velhos métodos. Vemos alguns discursando e dizendo que estão ouvindo a voz das ruas. Ouvir é fácil. Difícil é decodificar seus sentidos. Os políticos estão se movendo para tentar se adaptar e atender as reivindicações, desde que protejam as cabeças e os privilégios. Vamos ver como virá a segunda leva de manifestações. Os avisos foram lançados. O muro está rachado e ninguém colocou o dedo no buraco, muito menos uma moeda de 20 centavos.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

DESCARNAVAL


Na próxima quarta teremos um acontecimento marcante em Minas: a decisão da Copa Libertadores da América. Quer dizer, será a quinta decisão da Libertadores, já que o Cruzeiro já decidiu 4 vezes, sendo campeão em duas oportunidades. Pode ser a festa P&B, com direito a muita comemoração ou a anti-festa azul. uma comemoração às avessas. Muitos cruzeirenses amigos meus justificam a secação dizendo que os atleticanos são arrogantes. Ai eu pergunto: qual torcedor não é arrogante? Mas cá pra nós. Os foguetes de véspera quase sempre dão errado. Belo Horizonte parecia uma cidade bombardeada alguns minutos antes do primeiro jogo. Nem ao meio dia no dia 12 de Outubro ( Nossa Senhora Aparecida) tem tantos foguetes assim. Estavam no clima do “já ganhou”. Mas o “já ganhou” quase sempre perde. E o Atlético no primeiro jogo foi consumido pela soberba. Tanto o time com a torcida. O resultado é que foi engolido por um time inferior tecnicamente. Mais uma vez, Ronaldinho Gaúcho foi recebido com honras de estado, muito paparicado e coisa e tal. Mas não estava inspirado. Jogou mal e foi substituído. Saiu com cara de “não tô entendendo nada”. O Cuca estava pilhado e nem olhou pra cara dele. O antes glorioso R49, professor do Messi, ficou com cara de paisagem sentado no banco de reservas. Achei o Cuca muito ríspido. Talvez ele tenha suas razões e algo aconteça internamente que o incomode. O jogo da volta será um acontecimento épico. Imaginem o Atlético jogando no mineirão, que até a própria torcida do Atlético considera campo do Cruzeiro. O Atlético não tem dado sorte jogando por lá. Perdeu para o Cruzeiro duas vezes. Não terá a mística do “caiu no morto tá morto” a seu favor. Se ganharem o título, dirão que também são donos do mineirão. Mas se não forem campeões, vão amaldiçoar o mineirão para sempre. Embora que o único título de expressão que o galo tem foi conquistado justamente no mineirão, que foi o brasileiro de 1971. De qualquer maneira, acho que desta vez vão guardar os foguetes para depois. Não vão querer gastar antes e profanar as tradições. Ganhar de véspera é suicídio. Aparentemente, o Atlético não terá facilidades. O time do Olímpia é mais humilde que o Newells Old Boys. Não precisará se arriscar pra tentar fazer um gol, pois fazer gol na casa do adversário não representará nada. Se o Atlético começar bem e conseguir fazer seu gol rápido, como diz o caixa, será sinal que o Olímpia não vai aguentar. Agora, se o gol demorar a sair  vai bater um desespero de dar medo. Imagino o teatro dos paraguaios que são peritos em falsificação. Vai ter câimbra falsa, contusão falsa, além de  cêra de todos os tipos, bolas atrasadas, meia hora pra bater laterais e corners.  Se o Atlético for campeão, teremos um foguetório como talvez só tenha havido no planeta na segunda guerra mundial. No caso de uma derrota atleticana, sugiro aos Cruzeirenses que tomem muito cuidado. Será uma perda muito dolorosa que poderá desencadear atitudes desesperadas. Em situações menos explosivas, já saíram mortes. Na situação de quarta que vem, o perigo será grande. Que o nosso governador e os prefeitos deixem muitas ambulâncias e desfibriladores de prontidão. Que as farmácias fiquem abertas até mais tarde. E os botecos também né. Quer dizer...se o Atlético for campeão. Se não for, não sei se alguém bebe num descarnaval...

quinta-feira, 11 de julho de 2013

A REFORMA POLÍTICA ACONTECE AGORA, EM AGOSTO DE 3000

Vejo um Brasil enfartado, as vias do país obstruídas pela indignação das pessoas. Várias classes profissionais descontentes, entidades de classe, órgãos de representação, sindicatos, associações, jovens ávidos por revoluções, oportunistas, caroneiros, enfim, uma mistureba de sentimentos, mas todos indignados. Engraçado como havia essa indignação latente e de repente explodiu. Dizem que o canal é a internet, que as pessoas se organizam pela net à revelia das mídias tradicionais. Aliás, um dos alvos é mídia tradicional, sendo a REDE GLOBO o símbolo. Aqui da minha casa, acabo de ouvir a manifestação que se dirige para a GLOBO. Uma pessoa com o microfone canta o seguinte refrão: A REALIDADE É DURA. A REDE GLOBO É O PORÃO DE DITADURA. Aliás, a Globo tem sido hostilizada pra todo lado. Tem sido um dos points da via sacra das manifestações. Engraçado que os movimentos não elencam a reforma política como prioridade. Investimento em saúde e educação sim. Eu pelo menos vejo a reforma política como a central, a principal. Todas as outras acontecerão com muito mais eficácia se as regras do jogo forem reformadas de modo a corrigir distorções que minam a nossa democracia.Se não formos capazes de convergir, ai sim estaremos perdidos.A Reforma Política não pode ser a do PT. Tem de ser a reforma para todo o conjunto da sociedade.Deve ser debatida e todas as questões colocadas, transparentes. A rejeição é pelo fato de ser uma proposição que vem do Governo Petista, atendendo as demandas do partido. Mas todos concordam que a reforma política e eleitoral é vital para que as pessoas se sintam representadas e atendidas em suas necessidades básicas. Outra coisa é o plebiscito, referendo ou o que o valha. O que também incomoda é o unilateralismo ou parecer unilateralismo. Talvez nem seja essa a intenção. Mas proposto pelo governo parece que será configurado apenas para atender ao projeto político partidário, até para servir como propaganda. Um plebiscito poderia ser interessante ao informar, politizar pessoas de todas as classes sobre as principais questões do país,  compartilhar poderes, ouvi-las. Mas o plebiscito foi deletado da agenda. O PT continua insistindo. Talvez se parar de insistir as pessoas comecem a avaliar melhor. Parece que os deputados e senadores não gostam da ideia. Sobre a reforma política, também fica pra depois qualquer debate com a sociedade. Mas o congresso promete agir. Será nomeado um grupo de estudo sobre a reforma política, ou seja, vai ser empurrada lá para o ano 3000. Mas voltando ao assunto manifestações, as vezes parece que se configura uma consciência coletiva que se alimenta na internet e engrossa nas ruas. Estava acompanhando aqui em Belo Horizonte. Começou uma caminhada com 1500 pessoas no centro. A certa altura, tinha 4000...o outro noticiário divulgou 5000...6000 e depois não tive mais como acompanhar, pois tinha de terminar de escrever a coluna. O que me encuca é que parece haver uma orquestração, alguém que controla, que pensa, que harmoniza tudo. Espero que seu nome não seja...Barak Obama.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

PLEBISCITO NATIMORTO e OUTROS ASSUNTOS

PLEBISCITO NATIMORTO

A Dilma foi mais uma presidente a tentar chamar o povo brasileiro para resolver a questão da reforma política. O Executivo queria executar, mas o legislativo não topa mexer nas regras do jogo agora, às vésperas das eleições. Prolonga-se a conversa, enrola-se mais algumas décadas e a reforma política vai ficando para nunca. Não entendo por que ir contra o plebiscito. As manifestações vem da classe média., explorada no liberalismo, oprimida no socialismo. Mas não seria justo trazer toda a sociedade para a conversa? Fazer um esforço para explicar pro povo, traduzir da forma mais simples, para que pudéssemos dar um salto, de um modelo que não funciona, para algo mais moderno, mais sustentável. De Collor a Lula, todos tentaram fazer reforma política, mas o congresso não deixou. O Governo Dilma também tentou abrir uma janela. Mas o congresso está fechando a janela, com conivência da opinião pública. Pra mim, lamentável.

SEM PARTIDO

Digo essas coisas com tranquilidade, pois não sou nem Petista nem Tucano Nem nada. Sou filiado ao PMDB de Alvinópolis, mas me filiei à época por solicitação de um primo, para uma causa que minha mãe considerava justa. O PMDB foi importante historicamente para a redemocratização do país, mas depois mergulhou na lama, atraiu gente muito esquisita e virou um monstrengo.Tem sido  um partido alienista,  adesista, vampiro,  Michel Temer esteve em todos os governos. É um sujeito a se temer mesmo. O PMDB tem até belas páginas na história recendo do país, mas pra ter relevância e confiabilidad teria de fazer uma grande faxina moral e isso é muito difícil de acontecer. Os outros partidos também não convencem. O PV por exemplo, parecia que seria um excelente projeto. Mas acabou se esvaziando logo depois que a Marina Silva saiu. O PSB que era socialista, hoje tá mais para empresarial. O PTB sempre foi direita. O PC do B é histórico, mas não consigo enxergar ali um discurso contemporâneo. Tem a tal de REDE da Marina Silva que nem sabemos o que é ainda. O PR flerta com a direita, mas faz parte do governo de esquerda. O DEM tem pouco destaque e apoia segundo as conveniências. O PPS eu nunca entendi. Desculpem os outros não citados. Concluindo: não temos um partido sequer com credibilidade para motivar os novos eleitores. 

CADA UM NO SEU QUADRADO

É muito fácil colocar-se a favor da corrente.  Foi isso que fizeram quase todos os parlamentares sobre  a questão da PEC 37. Estavam quase todos favoráveis antes. Mas ante a pressão das manifestações, posaram de bom moços e votaram contra. O Deputado Federal Bernardo Santana foi o único político mineiro a votar favorável e vem sendo execrado nas redes sociais por causa disso. Ele foi um dos responsáveis pelo texto da PEC. Estudou bastante a questão e é adepto do cada um no seu quadrado, ou seja, que cada poder cuide da suas prerrogativas.

EFEITO ESTOURO DA BOIADA

Existem os conscientes, graças a Deus. Mas existem muitos que vão no estouro da boiada. Repetem o que os outros estão fazendo. Pisoteiam sem consciência do pisotear.  Entram nas manifestações para se sentirem dentro, por essa propensão humana a se agregar, a fazer parte de alguma coisa.

DIFÍCIL DE ENTENDER...

Se os governos municipais ( em sua maioria) vão mal, se os governos estaduais andam endividados e com pouca capacidade de atendimento as demandas básicas, se o povo anda reclamando tanto da saúde, do transporte público, da segurança pública, dos preços dos serviços básicos, como é que as pesquisas davam toda aquela aprovação para o governo? Tem coisas difíceis de entender...

REVOLUÇÕES CONVENIENTES

Uma pessoa me falou uma coisa interessante na internet. Ela falou que se o governo impuser sua pauta no PLEBISCITO, vai esvaziar as causas dos segmentos. Por exemplo, não haverá entre os itens, as causas dos Perueiros, dos tomadores de contas dos carros, dos motorista de taxi do aeroporto, dos engraxates da praça principal da cidade. Será que continuaremos tendo micro manifestações daqui pra frente? Será que é isso?

PAUTAS INCONVENIENTES

Algumas propostas não são nem discutidas dentro do governo.  O Fora Renam é um dos assuntos. Mas tem também o fora Dilma, o fora todo mundo... 

NOCAUTE

Sabe qual a maior causa dos nocautes? Resposta: o scocco. 

terça-feira, 2 de julho de 2013

TRILHA DECADENTE

Caetano e Gil compuseram uma música que dizia o seguinte: " No Brasil tudo é novo mas já parece em ruínas..Mas em Belo Horizonte, cidade tida como jovem. uma plástica tem acontecido nos locais considerados de trânsito internacional por causa da copa que se avizinha. Mas o centro de BH, onde a maioria da mineirada chega à capital, tudo é feio e mal cuidado. Como é que ninguém faz alguma coisa por aquele lugar meu Deus? É de uma feiura de dar dó. Vez por outra aparece um prefeito e surgem notícias sobre revitalização do centro, mas a observação do vídeo acima, demonstra que há muitos anos nada é feito. Percebam as camadas de desleixo, a imagem da miséria, do lixo. Um dia, chegando à rodoviária, fiquei tão estupefato, que peguei meu celular e resolvi filmar essa trilha decadente...