terça-feira, 13 de agosto de 2013

VAMOS EXPLODIR ESSE PAÍS !!!


SEM MOCINHOS

Tá difícil interpretar, discernir, filtrar tanta informação. Se formos levar em consideração todo o material que recebemos detonando tudo e todos, chegaremos à conclusão de que é melhor explodirmos esse país.

EXISTE POLÍTICO HONESTO?

Essa é uma pergunta que sempre faço. Será que existe? Será que todos os políticos que buscam cargos públicos só querem levar vantagens, desviar verbas, fazer farra com dinheiro público? Dá pra botar a mão no fogo por algum político? Não podemos ser injustos. Existem alguns políticos de história ilibada, de moralidade e de relevantes serviços prestados. Por exemplo, tem o Pedro Simon, teve o próprio Itamar Franco aqui em Minas...tem o ...

AMBIENTES PROPÍCIOS.

Num ambiente com muita umidade costumam proliferar fungos e mofo. Em ambientes muito secos e empoeirados, as pulgas e carrapatos ficam à vontade. Ambientes sujos, com restos de comida e lixo, são excelentes para a proliferação de ratos, baratas e outros bichos escrotos. Ambientes frios, com muito pó, são ideais para que as doenças respiratórias tomem conta. A corrupção também tem os ambientes apropriados para se multiplicar. A política brasileira, do jeito que está configurada, é um ambiente mais que ideal para a proliferação do vírus da corrupção. E pra purificar o ambiente, só com uma reforma política que vise erradicar as pragas. Resta saber se o gigante vai acordar de novo...ou se os políticos vão dar um sonífero poderoso pra ele. ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

MÍDIA NINJA E O FORA DO EIXO

Nos últimos dias, muita polêmica em torno do movimento Fora do Eixo. A visibilidade pintou por causa da Mídia Ninja, ligada no FORA DO EIXO, que protagonizou momentos interessantes, ao desafiar a mídia convencional na transmissão das ultimas manifestações. Enquanto as tvs e jornais culpabilizam os manifestantes e focavam nos vândalos, o Mídia Ninja mostrava a política batendo nos manifestantes. Polêmica em torno da Midia Ninja acabou trazendo o Fora do Eixo para o centro dos debates. O grupo tem uma ideologia inteligente, parece ter suporte governamental e consegue agregar coletivos de artistas e pensadores em uma configuração revolucionária. Propõe o pensamento em rede, onde as individualidades são diluídas no coletivo. Talvez seja uma reflexão simplista, mas me parece uma prática bem próxima do comunismo. Tem dado muita polêmica o fato de promover shows com bandas, mas não pagar cachês. As bandas tem estrutura e vitrine para mostrar seus trabalhos. No entanto, para um movimento que já tem 10 anos, ainda não conseguimos enxergar um trabalho que tenha se destacado através dos coletivos. O pensamento do pessoal em termos de direitos autorais é que é mais polêmico. É muito fácil falar de compartilhamento, quando não se é criador. Eles acreditam que no futuro não haverá lugar para a propriedade intelectual. É obvio que o mundo constituído vai resistir. Mas pode ser que o pessoal do Fora do Eixo tenha razão e todo um modo de agir e pensar seja atropelado pelo pensamento digital, não linear, coletivo e sem lastro. De certa forma isso já vem acontecendo. As gravadoras praticamente ruíram. Vários jornais pelo mundo estão fechando ou se tornando apenas virtuais. Há uma revolução em curso. Tem aqueles que surfam e aqueles que resistem. E tem aqueles como eu, que fazem as duas coisas. É claro que me entusiasmo com as propostas inovadoras, mas me assusta que os artistas não tenham direitos sobre suas criações e produções. Provavalmente, serei um atropelado também.

SERÁ QUE A DILMA VAI VENCER POR WO?

No futebol existe essa máxima. Quando um time não comparece para jogar o outro ganha por W0. Muita gente boa, até pensadores contrários ao PT estão dizendo que não existem oponentes carismáticos e com discursos para enfrentar o Bolsa Família, o Minha Casa, Minha vida, os projetos de distribuição de renda e de erradicação da miséria do PT. Depois da queda da Dilma nas pesquisas, em função das manifestações que ocorreram em todo país, muitos pensaram que ela estava morta. Ledo engano. Parece que ela já estancou a queda e começa a subir. Enquanto isso, Aécio Neves, que deveria ser o principal adversário, aquele que representaria o Brasil mais conservador, mais à direita, só despenca. Parece que o Aécio não vai mesmo emplacar nacionalmente. O gran tucanato paulista já está falando em prévias. Marina Silva tem até margem para crescer, exatamente no vácuo do Aécio. Há quem diga que se continuar crescendo, ela e sua Rede de Sustentabilidade podem se transformar em opção da direita. Aécio não tem conseguido chamar a atenção do país. Ninguém tem dado a mínima para suas proposições. Aliás, que eu me lembre, ele não tem bandeira própria. Ele vive falando do plano real e estabilização da economia, mas isso é coisa de FHC e não dele. Outra opção seria Eduardo Campos, que só tem força no nordeste, o que não lhe garante uma eleição. Com isso, o caminho tá ficando limpo e desimpedido para que a Dilma consiga sua reeleição. Se não fizer nenhuma besteira ou se não surgir algo extraordinário, deve ficar mais 4 anos no poder.

SÓ UM FACTÓIDE CABELUDO PRA MUDAR A SITUAÇÃO

Na eleição espanhola em 2001 aconteceu um fato que reverteu uma eleição quase ganha. O candidato da situação buscava a reeleição, mas na véspera da eleição, aconteceu o atentado de 11 de setembro e também a explosão de bombas na Espanha. O governo havia sido avisado, mas não levou a sério e não agiu de forma a evitar ato terrorista. O resultado foi que várias pessoas morreram e o povo votou a favor do outro candidato que era de esquerda. No caso do Brasil, estamos sujeitos aos ventos econômicos. Se soprar um pouco mais forte, pode despencar o castelo de cartas.

PARQUE DO AREÃO X PARQUE DE EXPOSIÇÕES

É fato que Monlevade tentou, tentou e não conseguiu outro local para seu Parque de Exposições. Nem adianta argumentar que a cidade não tem área rural, pois muitos e muitos cidadãos são apaixonados pela cultura do campo, uma saudade da roça justificada no fluxo de pessoas das cidades vizinhas, quase todas ligadas a cultura agropecuária. O fato é que o povão, adora as festas populares do tipo cavalgada. A cidade quer por que quer uma área pra seus eventos e não adianta os “modernos” torcerem o nariz. E se realmente não existe outra área, se conseguiram a liberação por parte das instancias legais, se será mesmo lá, onde muitos acham que deve ser parque ecológico, que se busque então uma ocupação sustentável, que haja uma monitoração constante por parte dos órgãos ambientais e que não abandonem o Parque, que seja ecológico pelo resto do ano. É preciso pensar no bem comum. O vereador Belmar Diniz chegou até a propor uma lei à respeito. Não se pode abandonar uma obra apenas porque foi iniciativa de um governo anterior. Uma área verde, um refúgio onde se pode ter contato com a natureza, a criação de eventos culturais e educativos e a recuperação das áreas degradadas são ganhos muito importantes para a cidade. Por favor, homens públicos de Monlevade. Não deixem que as conquistas sejam perdidas, que equipamentos e infra-estrutura sejam depredados ou ignorados por causa da política pequena.

ALVINÓPOLIS RESPIRA CULTURA


Alvinópolis já faz um tradicionalíssimo Festival de Música (33 anos de realização); tem a FestChita, que chegou à sua 5ª Edição, tem a Festa do Congado que é lindíssima, além do animado carnaval. Agora, conversando com o pessoal pela internet, surgiu a ideia de se fazer por lá uma FEIRA DA BELEZA, aproveitando a vocação da cidade para a área. Lá tem a Bio Extratus Cosméticos, entre outras empresas que fabricam produtos. A Feira pode ser regional, com expositores da região. Outro evento sugerido foi a EXPOSIÇÃO ARTÍSTICO E CULTURAL. Exposições Agropecuárias quase todas as cidades tem. Mas exposição Artístico Cultural, pelo menos que eu saiba, não tem em lugar nenhum. Teríamos artesanato, escultores, pintores, poesia, música, enfim. As ideias foram lançadas. Resta saber se encontrarão eco...eco...eco...

Nenhum comentário:

Postar um comentário