sábado, 16 de março de 2013

BOA NOTÍCIA PARA A 381 - MINISTRO DOS TRANSPORTES VIRÁ A REGIÃO NO DIA 25

O Deputado Bernardo Santana acaba de me comunicar que o ministro dos Transportes Paulo César Passos virá a região no dia 25 de março. Em conversa com o Bernardo,o ministro se comprometeu a participar de um evento na câmara dos vereadores em Nova União, cidade próxima de um dos pontos de maior incidência de acidentes na nossa BR 381 onde aconteceu aquela última tragédia envolvendo o micro-ônibus de Ferros e um caminhão. Antes do evento haverá  concentração às margens da rodovia. A notícia é excelente se levarmos em conta que o edital da duplicação acontecerá no dia 28 de março, portanto 3 dias depois. Será importante para reforçar e para que o Ministro conheça em loco a situação da rodovia e se empenhe pessoalmente para que tudo saia nos conformes. Será uma boa oportunidade também para que possamos nos manifestar pacificamente, para mostrarmos para o ministro que a região está mobilizada e não aguenta mais tantos adiamentos. Será importante também que os motociclistas, motoristas, caminhoneiros, empresários, usuários, todos se mobilizassem de alguma forma, mas sem excessos, afinal, não queremos hostilizar ninguém. O que todos queremos é fechar esse matadouro, não é mesmo? Assim que obtiver mais detalhes, publicarei para conhecimento de todos. 

2 comentários:

  1. Ok Martino, mas o Ministro deveria rodar no matadouro para ver como funciona a carnifina. E ademais continuo desconfiado desta classe política. Sou mais a favor de manifestações pacíficas e constantes.

    ResponderExcluir
  2. Imagino que ele deva sim rodar e o pessoal deve mostrar pra ele os locais críticos. Quanto a desconfiar da classe política, não tem nem jeito de ser diferente. Quanto as manifestações, acho que todas são válidas pela intenção, pela atitude dos que participam. Quanto a serem constantes, ai é que está o problema. A indignação sobe quando alguém próximo morre ou se acidenta. Mas passado pouquíssimo tempo, o pessoal já esquece e todos voltam a vida normal. E a maioria até já se acostumou com a paisagem de ferro retorcido e sangue no asfalto.

    ResponderExcluir