sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

UM NOVO FIM DO MUNDO

A NASA se mobilizou na internet para desmentir o fim do mundo. Que nada, Nasa. O Fim do mundo é fashion. Este então, com esse negócio do Calendário Maia, ficou mais em chique ainda. Só não vai superar a frase: "mil chegará, dois mil não passará", que ouvimos durante anos. Mas a NASA fez até conferência pra anunciar que não tem sinal algum de possíveis cataclísmas, de meteoros caindo, planetas se chocando contra a terra, enormes labaredas solares e outras previsões mirabolantes. Mesmo assim, já tem pregadores anunciando o fim e vendendo camarote pra assistir o espetáculo. Outras teorias malucas são encontradas na internet. Começaram a aparecer na gravações supostamente feitas em diversas partes do planeta, onde foi ouvido um som muito estranho, parecendo um acorde  metálico, um estalido esquisito. Quem quiser saber mais, pesquise Estranhos Sons no google. Ao mesmo tempo alguns sites especializados em fraudes já desmascararam, pois os vídeos vem quase todos do mesmo destinatário. Possivelmente uma campanha de algum filme que será lançado perto do dia 21. Tem outra teoria também de que o homem está lidando com tecnologias novas, que interferem na ionosfera, com poder de gerar tempestades e até terremotos direcionadas para qualquer parte do globo. Eu falo de forma bem rota, mas trata-se de um projeto chamado HAARP. Uai, será que dá pra fazer chover no nordeste de vez em quando? A questão é que que existem fortes rumores de que o HAARP está sendo pensado em seu potencial bélico e seus os efeitos colaterais são imprevisíveis. Dizem que já estão fazendo testes e que há suspeitas de que os barulhos estranhos que as pessoas estão ouvindo podem estar relacionadas com o tal do HAARP. E alguns temem que o HAARP possa causar um colapso e alterar drasticamente o equilíbrio do planeta. Filmes sobre o fim do mundo estão na moda. Já eram na década de 50, com muitas invasões de discos voadores. Teve um filme que me marcou muito que foi  Guerra dos Mundos, em que os Ets profanaram até a religião católica. Houve uma cena em que um padre chegou na frente de um disco voador e levantou sua cruz. Os ETS o desintegraram  com seus terríveis terríveis raios lasers. Onde está Deus? Era a pergunta no ar nos cinemas.  Depois teve vários filmes sobre fins do mundo nucleares, outros tantos com o congelamento da terra, dilúvios, terremotos, blackouts. Tem até muitos filmes que falam do pós fim do mundo, quando os sobreviventes da terrível catástrofes moram em cavernas ou andam sujos e maltrapilhos pela terra devastadas. Isso quando não viram terríveis mortos-vivos comedores de cérebros. Mas, não há dúvidas de que o fim do mundo mexe com o imaginário das pessoas. Enquanto eu escrevia, chegou mais um email sobre o fim do mundo. Desta vez dizendo que serão apenas de 3 dias de escuridão, dos dias 21 a 23. Não sei vocês, mas as 00:01 minuto do dia 22 de dezembro de 2012 tomarei um copo de água para celebrar a vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário