quarta-feira, 7 de novembro de 2012

PRESIDENTE DA AMEPI PREOCUPADO COM A 381


Eduardo Quaresma e o presidente da Amepi,José Maria Repolês em entrevista coletiva.- (Foto: Thamires Lopes)

Desde o início de seu mandato como presidente da AMEPI, José Maria Repolês tem sido um dos mais ferrenhos lutadores pela duplicação da 381. Já conversarmos bastante à respeito e ele tem toda razão em suas preocupações mais recentes. 


Quando a BR for duplicada, nosso povo vai passar por onde? Quais serão os caminhos alternativos?
Achei curiosa a diferença de abordagem dos dois mais importantes jornais de João Monlevade: Bom dia e A Notícia.

A Notícia focou no fato da AMEPI não ter sido comunicada, uma lástima se considerarmos o envolvimento da entidade na luta pela duplicação nos últimos anos. Já o jornal Bom dia, focou na preocupação de como se dará essa duplicação.
Humildemente, usando meu blog e as redes sociais, venho fazendo a minha parte como cidadão e vejo que as mídias também vem fazendo as suas partes. Vejo ainda com apreensão a notícia e arrisco uma rezas para São Tomé, pois essa novela e os adiamentos tem sido uma constante, muitas vezes sem qualquer justificativa. Se começar, serei o primeiro a aplaudir e soltar alguns rojões virtuais. 

E sinto também que as pessoas estão se esquecendo que serão 3 anos para duplicar, quer dizer, tem de ser pensadas formas de coibir a irresponsabilidade dos motoristas, senão a carnificina continuará.

A seguir, reproduzo as notícias publicadas nos jornais BOM DIA e no A NOTÍCIA.

BOM DIA...

O presidente da Associação da Microrregião do Médio Piracicaba (Amepi), José Maria Repolês, está preocupado com o acesso à capital mineira durante as obras de duplicação da BR-381. Em um café com a imprensa, na tarde de ontem (5), Repolês anunciou que vai discutir o assunto com o governador Anastasia, no próximo dia 20.

José Maria Repolês lembrou ter sido ferrenho defensor das obras de duplicação da "Rodovia da Morte". Visitas ao Ministério dos Transportes, ofícios à presidente Dilma Roussef e articulações políticas para pressionar o Governo Federal foram algumas das ações promovidas em sua gestão, em prol da duplicação da BR-381.
Repolês demonstra otimismo com o lançamento de editais para duplicação da rodovia, anunciados na última semana, pelo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. "Pelo que tudo indica, em fevereiro, as máquinas já estarão na estrada", comemorou.

Preocupação

Apesar de a duplicação da BR-381 ser um sonho antigo, pelo menos dois pontos preocupam Repolês: o acesso de moradores do Médio Piracicaba e Vale do Aço a Belo Horizonte durante o período das obras, e dúvidas sobre o projeto que será desenvolvido no trecho entre o rio Una até o município de Caeté.

De acordo com o diretor executivo da Amepi, Eduardo Quaresma, as obras entre São Gonçalo e Caeté integram o lote 8 que foi dividido em duas etapas. Como uma das fases não foi contemplada nas licitações anunciadas, na última semana, ainda não há informações sobre que tipo projeto poderá ser desenvolvido. Isso porque, apesar de o Ministério dos Transportes anunciar duplicação nos 303 quilômetros entre Belo Horizonte e Governador Valadares, em alguns trechos, haverá apenas melhorias.

Para esclarecer as dúvidas, José Maria irá debater o assunto com o governador Anastasia, no dia 20 de novembro, durante encontro que irá reunir representantes de associações de todo o Estado. "Precisamos esclarecer dúvidas e questionar sobre o nosso acesso à capital porque as obras podem durar mais de cinco anos", destacou Repolês.

Mandato

O mandato de Repolês como presidente da Amepi termina no próximo mês de dezembro. Pelo estatuto da associação, uma eleição deve ocorrer até o próximo dia 30 e caberá aos prefeitos eleitos das 13 cidades que integram a entidade, decidirem quem irá suceder José Maria. Por enquanto, nenhuma chapa foi formada.
José Maria Repolês também encerra seu terceiro mandato como prefeito de Dom Silvério. Ele anunciou que encerra sua carreira política e revelou sentir orgulho de ter presidido a Amepi. "Só tive alegrias aqui", garantiu.

A NOTÍCIA

Amepi fica sabendo de duplicação da 381 pela imprensa

O presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Piracicaba (Amepi) e prefeito de Dom Silvério, José Maria Repolês (PMDB), convidou a imprensa da região para uma coletiva na tarde de ontem (5) para falar sobre a publicação do edital de licitação da BR-381. No encontro, Repolês alegou que só soube da duplicação por meio da imprensa e que isso o deixou muito chateado, já que a entidade sempre lutou por essa causa.

No próximo dia 20, Repolês vai a Belo Horizonte em encontro com o governador Antônio Anastasia (PSDB) para expor sua preocupação com a obra e pedir explicações concretas sobre a mesma. Segundo o presidente da Amepi, o Ministério dos Transportes não deu importância devida às Associações que defendiam a duplicação. Repolês afirmou estar esperançoso com a notícia, mas que enviou um ofício ao Ministério demonstrando indignação por ter sabido da notícia apenas pela imprensa.

Outro ponto a ser discutido com o governador é como a rodovia vai funcionar durante a execução das obras. Ele lembrou que existem estradas opcionais entre as cidades que podem ser uma solução para o período de obras.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário