segunda-feira, 26 de novembro de 2012

EFEITOS COLATERAIS DA BELEZA

Outro dia, estava num bar tomando um refrigerante (não sou muito de cerveja. Meu metabolismo não ajeita com a substância mais desejada e consumida nesse país) Estava lá bebendo a minha coca com limão e gelo e ouvindo a conversa quando um dos fanfarrões do grupo falou: - olha, eu não casei com mulher bonita não. Mulher bonita boa é a do outro. Dá muito trabalho cuidar de uma mulher bonita, Deus me livre! Os outros concordaram. Trem danado a beleza né? Sai dali e passei por uma praça. As flores das árvores caíram e compuseram um lindo tapete. Quer dizer, até que comece a chuva. Quando isso acontecer as flores apodrecerão e virarão uma pasta preta escorregadia. Mas continuando minha caminhada, cheguei a área do prédio onde moro e dei de cara com a cachorrinha de uma menininha que mora no condomínio. A dona vinha atrás. Era bonitinha a danada da cachorra. Ela chegava, fazia carinho na gente e nos ganhava. Apaixonante o gestual da cadelinha, as poses que fazia me lembrava Madonna - Vogue ! Mas logo atrás da menina vinha a mãe com cara de brava: essa pestinha fez xixi no tapete de novo. A beleza tem seus efeitos colaterais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário