quinta-feira, 7 de junho de 2012

ROCK PIRA 2012 - Antes que o mundo acabe

Há 23 anos atrás acontecia o primeiro Rock Pira em Rio Piracicaba. Foram 3 edições que marcaram época nos anos 80/90. O festival revelou trouxe à região bandas muito interessantes, como a mineira Pato Fu, que praticamente nasceu no Rock Pira III. Pois o cenário atual volta a ser propício para o rock. Tem bandas surgindo pra todo lado. Só em João Monlevade, catalogamos 15 bandas de rock. Em Alvinópolis também tem umas 10, em Itabira não é diferente. Em Rio Picacicaba, São Gonçalo, Barão de Cocais, na maioria das cidades é a mesma coisa. E com o fenômeno da internet, existe uma interação maior com bandas do Brasil inteiro, favorecendo uma super-programação roqueira.  Em 2012 o ROCK PIRA ressurge com uma proposta nova. Serão abertas inscrições para bandas da região do Médio Piracicaba, Vale do Aço e todo o Brasil, sendo classificadas 20 que irão se apresentar no Rock Pira. Dessas 20, uma levará o prêmio de primeiro lugar geral, outra de melhor do Médio-piracicaba e Vale do Aço e outra, de melhor vídeo. Cada banda deverá tocar pelo menos uma música própria, que estará concorrendo e outras covers. Mas o mais interessante é que será criada uma vitrine permanente. As bandas, uma vez inscritas, já serão inseridas no site e poderão ser votadas. As votações pela internet também terão peso para a premiação. s bandas e artistas deverão preencher um formulário que será disponibilizado via internet e enviar release, áudios e vídeos. As inscrições serão feitas apenas pela internet. Aliás, as inscrições só serão válidadas após confirmação de pagamento de taxa de 20 reais por música. As bandas poderão participar com quantas músicas desejar. Se quiser inscrever 3 músicas, poderá. Poderá até abrir mão de tocar covers e tocar só músicas próprias. Poderão participar bandas de Rock’n Geral, de todos os gêneros, do rock básico ao progressivo. Os participantes concorrerão a 6 mil reais em prêmios, sendo que haverão três categorias: geral e regional e melhor vídeo. Quem faturar o primeiro na categoria geral receberá R$2.000 reais, quem ganhar a melhor da região também ganhará R$2.000 reais, sendo que o prêmio pode ser cumulativo. O melhor vídeo clip receberá R$ 2.000,00. Cada banda terá 50 minutos para fazer a sua apresentação, sendo que pelo menos uma música deverá ser própria (concorrente) e as outras covers. Se banda quiser tocar só músicas próprias também não haverá problema, desde que comunicado à produção. Cada item terá um peso diferenciado na composição das notas totais. As canções poderão ser em português ou inglês. Poderão se inscrever bandas de todo o território nacional. As músicas e vídeos serão disponibilizados também na internet, onde as pessoas poderão conhecer os trabalhos dos principais concorrentes e votar em suas favoritas. Essa votação será por IP e terá peso na premiação final. As bandas, ao se inscreverem, estarão assinando um regulamento onde concordarão em liberar os áudios e vídeos para disponibilização nas mídias que se fizerem necessárias, inclusive produção de Cds e outros materiais de marketing. As bandas selecionadas se apresentarão no ROCK PIRA 2012 e serão julgadas por comissão especialmente convidada e ainda votação do público. O local para a realização do ROCK PIRA ainda não foi definido. A ideia é que seja em Rio Piracicaba, onde foram realizadas as 3 edições anteriores, mas vai depender do interesse e da agilidade do município em nos retornar. De qualquer maneira, outras cidades da região já demonstraram interesse em sediar o Rock Pira. Havíamos pensado em Julho, por ser mês de férias, quando os estudantes estão nas cidades. Mas vai depender da agilidade das próprias cidades em fechar. A ideia de um evento no formato dos festivais mesmo, com 20 bandas se apresentando. Envolverá um final de semana, de sexta a domingo. O inicio será na sexta-feira às 20 horas e findando as 03 da manhã do sábado. No sábado, começará às 13 horas e irá até as 03 da manhã do domingo e no domingo iniciando as 13 horas findando às 23 horas. Outra coisa é que já foram estão confirmados alguns parceiros, como uma rádio de expressão regional, uma grande de Belo Horizonte, o Jornal Bom dia, também de expressão regional, um grande jornal de expressão estadual, uma rede de TV de expressão regional e estadual, além de sites e parceiros em outros segmentos. A realização do RockPira disponibilizará para o público rockeiro da região e do Brasil, um evento com o suprasumo da cena, com bandas de altíssimo nível. Além do mais, abrirá vitrine para os nossos artistas em nível nacional, disseminando a cultura do rock, que é por essência contestadora, provocando a reflexão sobre as questões contemporâneas. Colaborará também para desfazer o estigma de que o rock é só “sexo e drogas”. O Rock é muito mais que isso. Embora muitos torçam a cara, o Rock é a voz da juventude sendo ouvida. Portanto, chega dos roqueiros ficarem chorando que o rock perdeu o espaço. O negócio é ocupar os espaços. Os Festivais de Rock sempre foram canais de contra cultura, de rebeldia, mas também de amor e poesia. Tem gente que rosna, tem quem acaricia. Tem de tudo um pouco, tem careta, tem louco. Tem a expressão da juventude, que extravasa os sentimentos, que libera a testosterona, a adrenalina, e se permite cometer um pouco de... loucura. Por que não? Ainda mais com esse boato de que o mundo vai acabar. Portanto, não tem outro jeito: temos de aproveitar o último show de rock das nossas vidas - ROCK PIRA 2012, antes que o mundo acabe. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário