sábado, 10 de março de 2012

VOCÊ OUVE MÚSICA MESMO?

A pergunta tem pertinência. A questão é que, com o advento da internet, dos notebooks, dos I pads e dos Ipodes crer da vida, o povo passou a ouvir um arremedo da música. Eu explico. Aquele som que sai das caixinhas dos notebooks não é som. Aquilo é uma casca de som. Não tem baixo, não tem nuances, não tem tridimensionalidade, não tem nada. Como se não bastasse a reducionismo dos mp3, tem essa questão da falta de exigência que vem com a cultura vapt-vupt dos tempos internéticos. A maioria ouve música no note mesmo do jeito que dá...mas é como eu disse...um sozinho insosso, que não tem ambiência, não envolve,  não tem o efeito que a música em toda a sua plenitude provoca. Aliás, embora eu goste da cultura dos video-clips, prefiro ouvir a música pura e deixar o cérebro criar as cenas. Agora, se você tem um som com capacidade de separar e equalizar bem os graves e agudos, se tem um fone bacana que lhe traz a fidelidade total, considere-se um felizardo. Ouvir música boa com qualidade é um dos maiores prazeres dessa vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário