sábado, 31 de dezembro de 2011

NÓS MERECEMOS!


quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

CHOVE PRA TODO LADO


Enchentes pra todo lado

Viram essa impressionantes imagens da enchente do Rio Arrudas em Belo Horizonte? Viram como a água sobe rapidamente. É de janeiro desse ano, mas hoje aconteceu de novo. Não é só João Monlevade que está sofrendo com as chuvas. É impressionante o volume de água que está caindo em Minas Gerais nos últimos dias. Há muitos anos não chove tanto. Acabo de receber pelo twitter a informação de que a Chuva em BH já é 155% superior a média histórica de dezembro. A situação é complicada em diversas cidades da grande BH. Em Betim houve muitas quedas de barreiras, alagamentos e perdas de casas. Em Contagem, as chuvas foram acompanhadas de fortes ventanias e chuva de granizo. Cidades como Governador Valadares, Nova Era, Rio Piracicaba e Alvinópolis também e sofrem. Até agora, 37 cidades decretaram situação de emergência. Já pensaram se desse pra armazenar toda essa água? Jamais sofreríamos com falta d'agua. Do jeito que São Pedro tá gastando o estoque, perigas vir uma estiagem medonha depois.  


A seguir, reportagem que passou hoje na band.  http://bandnewstv.band.com.br/noticias/conteudo.asp?ID=562831&tc=brasil-sobe-para-37-o-numero-de-cidades-em-emergencia-em-minas-gerais

PREVISÃO DO TEMPO...A CHUVA CONTINUA...


Sexta-Feira, 30/12nascer e pôr-do-sol: Nascer do Sol 6h16 Pôr do Sol 19h35
iconemanhã
iconetarde
iconenoite
26ºC
16ºC
Quantidade e Probabilidade de Chuva
10mm80%
Direção e Velocidade do Vento
SE8km/h
Umidade relativa máxima e mínima
94%46%
Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
» veja mais dados
Sábado, 31/12nascer e pôr-do-sol: Nascer do Sol 6h16 Pôr do Sol 19h35
iconemanhã
iconetarde
iconenoite
24ºC
16ºC
Quantidade e Probabilidade de Chuva
15mm80%
Direção e Velocidade do Vento
ENE11km/h
Umidade relativa máxima e mínima
95%47%
Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
» veja mais dados
Domingo, 01/01nascer e pôr-do-sol: Nascer do Sol 6h17 Pôr do Sol 19h35
iconemanhã
iconetarde
iconenoite
21ºC
15ºC
Quantidade e Probabilidade de Chuva
60mm90%
Direção e Velocidade do Vento
E14km/h
Umidade relativa máxima e mínima
97%70%
Chuvoso durante o dia e a noite
» veja mais dados
Segunda-Feira, 02/01nascer e pôr-do-sol: Nascer do Sol 6h17 Pôr do Sol 19h36
iconemanhã
iconetarde
iconenoite
20ºC
14ºC
Quantidade e Probabilidade de Chuva
50mm90%
Direção e Velocidade do Vento
S10km/h
Umidade relativa máxima e mínima
99%92%
Chuvoso durante o dia e a noite

CONVENIÊNCIAS


Enquanto isso, o pai ajudava a filha num trabalho escolar.


- Pai...me explique a frase: política é igual nuvem.
- Bom...já reparou como as nuvens mudam de forma no céu?
- Não sou muito de olhar pro céu.
- Mas então...veja como aquela ali se parece com um elefante.
- É mesmo...mas peraí...tá mudando de forma... tá virando um bule...não...um jarro.
- Pois é. Dizem que a política é que nem nuvem...a cada hora que você olha tá de um jeito.
- Mas como assim pai..
- Olha filha... assim como as nuvens,  tem pessoas que mudam num curto espaço de tempo
- Mudam? Como assim?
- Uai...muitas vezes elas tem uma posição, uma opinião à respeito de determinados assuntos e mudam por causa de conveniências.
- Tá bom então. Mas o que são conveniências?
- Uai...conveniência significa levar alguma vantagem numa questão, ganhar algo.
- Sinistro, hein papai.
- Num primeiro momento é isso que a gente pensa, mas é a lei da sobrevivência.  Quem se sente rejeitado procura outros companheros e já começa automaticamente a guerrear pelas conveniências.
- Mas então a pessoa vira inimiga de quem era amigo?
- Realmente é muito ruim quando as conveniências começam a atropelar as amizades e isso costuma acontecer mesmo. Mas existem algumas amizades, que de tão sólidas sobrevivem.
- Mas não é possível, pai. Deve ter pessoas que não se vendem pelas conveniências
- Tá certo! Existem também pessoas fieis, de alma nobre, que não se deixam levar pelas conveniências.  Mas são aves raras.
- Mas e nas eleições? O povo também vota por conveniência?
- O povo é extremamente conveniente e imediatista.  No fundo, o eleitor vota em si. Não só vota como trabalha para si mesmo até quando apóia este ou aquele candidato. Não existe racionalidade no processo. Só conveniências. O eleitor vota naquele que acha que vai melhorar a sua vida ou garantir alguma vantagem para ele e seus familiares. Já quando a tentativa é de reeleição, o raciocínio é o mesmo. Se o eleitor enxergar que sua vida melhorou, que o candidato merece um tempo extra, concede esse tempo. Se for convencido pela oposição de que o governo foi um descalabro, vai votar pela troca de comando.
- Puxa. Mas essa oposição é sacana, hein?
- A oposição faz o que faz pelas suas conveniências. O problema é que os métodos utilizados não são honestos. Neste processo existem distorções e perseguições de toda monta.
- Mas e a ética que ensinam nas escolas?
- Minha filha, estamos falando de poder. Neste terreno a ética só funciona como verniz dos discursos.  
- Olha lá, pai...a nuvem ficou escura. Parece que vem chuva. Vamos desligar os aparelhos elétricos nas tomadas.
- Viu?
- Viu o que?
- A nuvem vai se transformar em chuva,  você mudou seu estado para preocupada e chegou à conclusão de que é conveniente que desliguemos as tomadas. Tudo explicado.
- Nem tudo...tenho uma última pergunta.
- Aff. Então faça.
- Você vai me dar dinheiro para eu comprar aquela roupa nova.
- Ihh...não seja inconveniente. Mas vamos ver né. Tá vendo aquela nuvem? Pois é. Quem sabe se chover dinheiro lá no nosso quintal?

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

ANGÚSTIA DE FIM DE ANO

Pois é! Fim de ano nos dá uma dispersada, convida para o relax, para os congraçamentos, festas, muitos comes e bebes, alguns balanços e o imenso próximo ano que vem pela frente. Se fazemos um balanço do ano que se vai, mês a mês, vemos que...ufa! Fizemos muita coisa. Mas de que adianta? Não adianta nada! Tudo começa de novo a cada dia. O importante é o sucesso de hoje e o de amanhã. O de ontem já foi. Ninguém vai te pagar pelos sucessos de ontem. Isso para quem teve um bom ano traz novas angústias. Ter de fazer sempre melhor pode virar um pesadelo. Projetamos sim muitas coisas boas, mas somos humanos. No meio do caminho sempre pintam algumas pedras, e consumimos um bom tempo desobstruindo a passagem. Dependendo do tamanho da pedra, tem de ser utilizadas grandes estruturas. Mas vamos nós. Se der pra tirar a pedra, a gente junta e carrega. Se não dá, a gente dá a volta. O importante é que continuemos subindo a montanha. E quanto chegarmos ao cume, primeiro curtiremos o Nirvana, depois olharemos  mais acima e veremos que existem  montanhas bem maiores. Vamos a elas...

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

CONCURSOS FOTOGRÁFICO E LITERÁRIO

CONCURSOS LITERÁRIO E FOTOGRÁFICO
Duas conquistas monlevadenses
 Recomendo a leitura do livro. 
Quem quiser, pode baixá-lo em PDF pelo endereço  http://www.4shared.com/office/7l7FCVJN/II_CONCURSO_VALORES_DA_NOSSA_G.html?
Pode acessar também no blog: 
www.valoresdanossagente.blogspot.com
O Prefeito Gustavo Prandini lembrou sua participação em concurso similar há pelo menos 10 anos atrás, ainda no Governo do Dr.Laércio. Falou da alegria de  estar não só retomando uma importante iniciativa, mas fazendo já pelo segundo ano consecutivo.
Gladevon Costa falou sobre o bom ano da cultura
 
Eu tive de levar minha "colinha". Sou péssimo de improviso
Chiquinho Barcelona fez elogios e críticas ( construtivas).
O público da literatura compareceu 
 Magela levou o prêmio de melhor poesia das mãos da
Rosália.Os  Monlevadenses de coração não se desconectam.
 
Jacqueline Silvério recebe seu prêmio de segundo lugar no gênero poesia
das mãos de outra craque da escrita: Maria das Graças Gomes
Denise Andrade Alvarenga, faturou o 3º Lugar no gênero poesia, com "Uma flauta e uma moça, simples personagens da praça do povo".
 
Maria Gláucia Drumond de Alvarenga, menção honrosa pela belíssima poesia:
 Monlevade em mãos de artista.
Marcelo Melo, mais uma vez faturando prêmio. 
1º Lugar. Esse ama Monlevade com muita força
Adriana Cristina Freitas - 2º Lugar - Contos. 
Prêmio entregue pelo ator e roteirista Bellini.
Fiquei surpreendido quando vi que ela também escrevia, 
pois a conhecia do teatro.
Maria do Rosário Pontes Figueiredo faturou o  terceiro lugar com a crônica "Pagamento na Floresta".  Na foto, recebendo seu certificado das mãos do Francisco de Paula Santos.
 
 Nadja Lírio recebeu das mãos da Poetiza Bel, 
o certificado de menção do Juri no gênero crônicas. 
Além de sambista, ela também tem swing na escrita. 
 Lutécia levou o prêmio de melhor fotografia das mãos
do poeta Luando de Abreu.
Ela gosta de buscar outros ângulos
 Anselmo Arthuso Marques, ganhou o prêmio especial do juri no concurso
fotográfico Olhares...
  Fábio de Costa Lage mandou representante, para receber o prêmio de
2º Lugar do Concurso Olhares, entregue pela atriz e produtora
Carla Lisboa. 
 As escritoras, junto com o prefeito que tem dotes literários
A literatura precisa ser mesmo festejada e fomentada.
 Escritores unidos, jamais serão vencidos.
Coquetel no final. 
Nesse momento, 
o fotógrafo tem um justo 
descanso gastronômico. 
Temos muito a evoluir...sempre.
O importante é darmos os passos...