quinta-feira, 31 de março de 2011

AS MELHORES COISAS DA VIDA SÃO DE GRAÇA

video

Republicando em homenagem ao homem do VIVER MELHOR COM MENOS, o popular Dimdão. Homenageio também os caminhantes matinais, a turma do Wir Caetano e do seu belo site Mato-a-dentro. Invejo essa turma, que tem fugido da civilização e desbravado os paraísos que nos circundam. Qualquer dia quero seguir com eles e conhecer essa Monlevade oculta.

MY WAY - FRANK SINATRA


Em minha opinião, My Way, magistralmente interpretada por Frank Sinatra é uma das mais belas canções de todos os tempos. A letra é uma coisa. A tradução em português mata as rimas e a métrica, mas dá pra entender o sentido da letra. Independente de rachar a cara contra o muro, o personagem prefere fazer do seu jeito. My way pode ser traduzido como meu caminho. Concordo plenamente e vou seguir pelo meu. Muitas vezes caminharei paralelamente a outros caminhantes, haverão cruzamentos e intersecções, mas seguirei por onde a minha bússola desgovernada apontar, a bússola do coração.

Quem quiser ouvir e ver a versão com tradução, vejam no http://www.youtube.com/watch?v=cIGKk-8bz34. Eu queria postar o video do youtube, mas não consegui. Se alguém sober e quiser me ensinar...


PORTAS ABERTAS


A melhor coisa do mundo é ter portas abertas. Mas o que garante portas e corações abertos? São os nossos atos. Os dissimulados enganam por algum tempo, mas chega o dia em que as máscaras caem e tudo começa a ruir ao derredor.

quarta-feira, 30 de março de 2011

PRANDINI SOLTOU O VERBO!


Ouvi a entrevista do Prefeito Gustavo Prandini, primeiro na Rádio Alternativa e depois na Comunicativa. Gustavo não fugiu de nenhuma pergunta difícil. Como é popularmente dito, não fugiu do pau. Mas nem vou falar do conteúdo da entrevista, que deverá ser muito repercutida e com certeza distorcida nos jornais e blogs nos próximos dias. Prefiro me ater ao novo estilo do Gustavo. O sujeito levou lenhada desde o primeiro momento no governo, enfrentou o tsunami da crise mundial no inicio de seu governo, depois o terror da tentativa de cassação durante um ano e quatro meses, depois veio outra crise financeira, tudo isso sobre uma ininterrupta perseguição da imprensa da oposição, de um jornal que fez e continua fazendo uma campanha difamatória cada vez mais acirrada e de uma rádio que tem como objetivo principal minar a força da esquerda no município. A guerra travada é muito mais profunda que se possa imaginar. Primeiro Gustavo e seu grupo venceram a eleição, interrompendo um projeto planejado para perdurar por décadas. Agora Gustavo ousa enfrentar,balançar pilares aparentemente sólidos da direita monlevadense. Embora esse grupo conservador queira fazer crer que o atual prefeito é perseguidor, no fundo todos sabem que o que houve foi a entrega de terreno público para benefício de amigos na gestão passada. A justiça está apenas corrigindo um erro da administração anterior .Embora tentem alardear que o Gustavo está enfraquecido, o prefeito mostra força e prova que tem um considerável leque de apoios com grande poder de mobilização ou alguém tem dúvidas sobre o excelente relacionamento entre o Gustavo e a Igreja Católica? A entrevista do Gustavo nas duas rádios, parece marcar o início de uma nova fase, de um Gustavo mais combativo, sem medo de enfrentar os coronéis de sempre, denunciando as injustiças com a própria voz, um sujeito que o povo aprendeu a admirar durante a campanha e que espera que volte a eletrizar as multidões com sua palavra clara e cara limpa. Que venham muitas entrevistas mais, botando os pingos nos is e desfazendo as dúvidas.

terça-feira, 29 de março de 2011

PERFEIÇÃO?

Não adianta. Já tive a oportunidade de trabalhar em macro-estruturas, em empresas gigantescas, em multi-nacionais japonesas, altamente tecnológicas, extremamente setorizadas, planejadas, com choque de gestão, qualidade total, ISO sei lá das quantas e dá-lhe teorias, mas nenhuma perfeita. Já tive oportunidade de trabalhar com pessoas admiráveis, bem sucedidas, inteligentes, afáveis, companheiras, organizadas, mas nenhuma perfeita. Olhando pra dentro então, conversando com Deus que está lá no fundo como está em cada átomo, perguntei qual era o sentido da perfeição. A resposta não veio na hora. Acho que Deus ficou pensando. Depois, estava eu na sacada do meu prédio sem camisa e suando em bicas por causa do calor e do mormaço. De repente, começou a soprar uma brisa suave trazendo uma temperatura mais amena, conforto e bem estar que não tem preço. Deus mandou a resposta. A primeira vista, poderia parecer que a perfeição era a brisa. Mas a resposta estava na ulterior. A perfeição é a falta. É o que nos move a irrompermos o amanhã e darmos passos adiante.

segunda-feira, 28 de março de 2011

A VERDADE ( compartilhando um belo texto) .

O que é a verdade?

Contam as lendas que a verdade foi enviada por Deus ao mundo em forma de um gigantesco espelho.

E quando o espelho estava chegando sobre a face da Terra quebrou-se, partiu-se em inumeráveis pedaços que se espalharam por todos os lados

As pessoas sabiam que a verdade era o espelho, mas não sabiam que ele havia se partido.

E por essa razão, as que encontravam um dos pedaços acreditavam que tinham nas mãos a verdade absoluta, quando, na realidade, possuíam apenas uma pequena parcela.

E quem deterá a verdade absoluta?

A verdade absoluta só Deus a possui e vai revelando ao homem na medida em que este esteja apto para conhecê-la.

Assim é que os inventores, os cientistas, os pesquisadores, vão descobrindo a cada século novas verdades que se acumulam e fomentam o progresso da Humanidade.

É como se fossem juntando os pedaços do grande espelho e conseguissem abranger uma parte maior.

Assim, a verdade é conquistada, graças aos esforços dos homens e não numa revelação bombástica sem proveito para quem a recebe.

Ademais, depois que a verdade é descoberta, ninguém pode encarcerá-la, nem guardá-la só para si.

Quem experimenta o sabor da verdade não mais permanece o mesmo. Toda uma evolução nele se opera e uma transformação radical e libertadora é inevitável.

Por vezes, a nossa cegueira não nos deixa vê-la, mas ela está em toda parte, latente, dentro e fora do mundo e é, muitas vezes, confundida com a ilusão.

Retida na consciência humana, é, a princípio, uma chispa que as forças do autoconhecimento e do autoaperfeiçoamento transformarão em uma estrela fulgurante.

A verdade emancipa a alma e a completa. Infinita, vitaliza o microcosmo e expande-se nas galáxias.

Vibra na molécula, agiganta-se no espaço ilimitado, e encontra-se ao alcance de todos.

É perene e existe desde todos os tempos e sobreviverá ao fim das eras.

A verdade é Deus. E para penetrá-la faz-se necessário diluir-se em amor como os grãos de açúcar em um cálice de água em movimento.

Só agora podemos compreender o motivo pelo qual Jesus calou-Se quando Pilatos lhe perguntou: O que é a verdade?

A verdade é luz que se expande.

Aquece sem queimar e vivifica sem produzir cansaço.

A meditação facilita-lhe o contato, a oração aproxima o homem da sua matriz e a caridade propicia a vivência com ela.

A humildade abre a porta para que adentre no coração do homem e a fé facilita-lhe a hospedagem nos sentimentos.




domingo, 27 de março de 2011

AMÉRICA X CRUZEIRO - O FIM DE UM TABÚ...AGORA É A LIBERTADORES

Havia um tabú de que o América complicava para o Cruzeiro, mas 9 anos sem derrota pro Coelho parece que enterrou a zebra verde e preta bem enterrada. Caramba. O jogo foi muito bom. Ufa! Quase que a péssima atuação do Marquinhos Paraná nos custou o empate. Após uma vitória, ninguém repara muito nos erros . Ele geralmente é regular mas hoje foi muito mal. Por exemplo, se repararem bem no segundo gol, ele tirou a barriga da frente da bola e deu no que deu. Os gols do América foram feitos com uma facilidade incrível também. Foi um jogo muito disputado em que o América intimidou no inicio com muitas faltas. A estatística não me deixa mentir. Mas o Cruzeiro martelou, martelou e no final, venceu. Mas o América valorizou, viu. O Fábio, acho que falhou no primeiro gol. No segundo, nem viu a a cor da bola. Gosto do Pablo pelo espírito de luta. Não fez uma partida excepcional ainda, mas luta muito. A zaga esteve relativamente bem. No inicio bateu cabeça, mas depois se acertou. Gilberto esteve muito bem enquanto teve pernas. No meio, o Guerreiro vai até bem na defesa, mas não ajuda tanto no ataque como o Henrique e Fabrício. Paraná, no finalzinho até melhorou. Os dois armadores do time deram show novamente. Roger é um supercraque e faz o que quer com a bola. Montillo é outro mega-craque. Não sei como a seleção argentina não vê o cara. Já pensou ele e o Messi? Na frente, Wallisson as vezes é displicente, mas é muito inteligente e se dá muito bem com o Montillo. Thiago Ribeiro também jogou bem. Os reservas que entraram também foram bem. Emerson é rápido e voluntarioso. Wellington Paulista tá numa fase horrorosa, mas tem apoio do Cuca e pode ser decisivo em algum momento. Ortigoza não fez muita coisa. Mas valeu. Foi como um treino de luxo, contra um time que bateu mais que os Argentinos. Agora é Libertadores.

sábado, 26 de março de 2011

BARCELONA, UM PATRIMÔNIO MONLEVADENSE


Toda vez que converso com o Barcelona, tenho a impressão de que estou lendo um livro, me aprofundando, imergindo em uma Monlevade que não existe mais, mas que através desse notável depositário de memórias interage com o presente. Estamos desenvolvendo uma parceria lá na Fundação Casa de Cultura, trabalho este que também está linkado com mais uma iniciativa de grande valor cultural e histórico: a coleção de videos e o site do Marcelo Melo, "o Caminho de Riquezas". Mas voltando ao incrível Barcelona, ele foi levar para nosso deleite lá na Fundação Casa de Cultura, uma curiosíssima coleção de fotografias, que não vou revelar o teor para não antecipar a surpresa e o impacto que com certeza a exposição que está sendo programada causará. O meu amigo Gladevon ficou de queixo caído, se deliciando com as fotografias. Na realidade ele nos mostrou duas coleções, uma de temática ambiental e outra memorial. Em breve estarão expostas e surpreenderão muita gente. Bom, mas o Barcelona é muito mais do que isso. O moço tem um acervo de memórias de inestimável valor, com todas as coleções de jornais editados em Monlevade há mais de 20 anos. Já imaginaram o que representa isso? O homem é um museu vivo, fazendo sozinho o que a municipalidade deveria, mas não fez. Espero que em nossa passagem pela Fundação Casa de Cultura possamos ser dignos de parceirar com ele, ajudando a preservar esse material ( embora ele já o faça com grande carinho e amor). Barcelona é um daqueles sujeitos cuja conversa, se não for interrompida, não tem fim. É uma idéia interessante atrás da outra, lições de vida, sabedoria e cultura, muita cultura. Tá certo que existem muitos edifícios que merecem ser tombados em João Monlevade. Imagino como a dilapidação de tantas paisagens doi nos Monlevadenses da gema. Pessoas não podem ser tombadas, mesmo porque essa palavrinha "tombamento" me parece inadequada para pessoas. Aliás, até para prédios. Esse negócio de tombamento me lembra o tsunami do japão, com tantos prédios tombando. Mas como a denominação é essa mesmo, vá lá. Voltando ao Barcelona, trata-se de um patrimônio Monlevadense. Um patrimônio vivo, jovem, cheio de energia e paixão por essa terra. Um sujeito tão discreto, que não encontrei nem uma foto no google para ilustrar. Pessoas como ele nos animam e nos dão motivação extra para continuar na luta. ( ele não me escapa. Ainda pego uma foto do moço).

APLAUSOS E VAIAS



A cartilha idealizada pelo Instituto Solar para ser distribuído em pontos de fluxo na 381 merece todos os aplausos. Trata-se de uma BR utilizada por pessoas de todo o país e um guia como o que está sendo proposto será de extrema utilidade para todos. A idéia de se criar um mapa, com possíveis desvios e rotas alternativas é muito boa. Quantas vezes a gente viaja e fica preso durante horas, sendo que existem outras possibilidades, mas que poucos conhecem? A campanha que fizeram durante o carnaval também foi válida, embora em minha opinião, tenha sido pouco divulgada. Mas de qualquer maneira, tudo, mas tudo mesmo que for feito em prol da humanização da BR 381 será válido.

VAIAS


O mesmo Instituto Solar que merece aplausos, pisou na bola em uma iniciativa que tomou há anos atrás. Eu ainda nem sonhava em vir para João Monlevade, quando uma então funcionária do Instituto me contactou perguntando se eu conhecia o pessoal da Sec.de Cultura de Alvinópolis. Ela me falou que o Instituto estava criando um catálogo cultural da região e precisava dos dados dos artistas locais, seus contatos, histórico, fotograficas. Este catálogo contava com aprovação da Lei de Incentivo e com apoio de grandes empresas locais. Fiquei entusiasmado com a idéia e entrei em contato em Alvinópolis, levantando as informações. Imagino que o mesmo tenha se dado em todas as cidades da região. Pelo que me informaram, o dinheiro saiu, mas o catálogo não. Quer dizer, se for mesmo desse jeito, trata-se de um estelionato cultural. A classe cultural já tem enormes dificuldades de captação e quanto aparece uma boa idéia, capaz de dar uma alavancada na cena, o produto final não sai. Ai a gente se pergunta: pra onde foi o dinheiro? Pelo que me informaram, não era uma quantia pequena. Será que esse dinheiro saiu ou trata-se de um boato dos bastidores? Será que os patrocinadores não questionaram o fato? Bom, o certo é que o tal catálogo não saiu e quem saiu perdendo foi a classe artística. De qualquer maneira, ainda está em tempo. Pelo pouco que conheço do Clésio, vejo que é um sujeito criativo, de boas idéias. Imagino que essas coisas de Lei de Incentivo tem prestação de contas e tudo mais. O Clésio também tem um nome a zelar e um histórico de boas idéias. No entanto, gostaríamos de saber o que realmente aconteceu, em que pé ficou a situação e se existem perspectivas de retomar o projeto, logicamente com as devidas atualizações.

sexta-feira, 25 de março de 2011

COLUNA DO BOM DIA - BR 381 - 69% de redução de acidentes é muita coisa

A despeito de postagem irada no blog do Marcelo Melo, minha coluna do BOM DIA de hoje é sobre os radares da BR 381, que considero a unica medida emergencial possível para que consigamos algum resultado em termos de diminuir o número de acidentes. Esta semana tive oportunidade de interagir com a Assessoria de Comunicação do DNIT quando me foi informado que a colocação dos radares reduz em até 69% o número de acidentes. É um dado importante e que muito nos alivia. Apenas gostaria que as informações fossem atualizadas para a opinião pública sempre que fatos novos ocorressem. Pra isso sugeri ao pessoal do DNIT a criação de uma conta no twitter ao DNIT. Mas existem vozes discordantes nessa história e isso enriquece o debate. Depois de uma reportagem sobre a indústria das multas veiculada na Globo, houve um clima de questionamentos em cima de uma profalada fúria arrecadadora dos governos federal e estadual. Não temos dúvidas que os radares podem ser uma boa fonte de arrecadação, mas isso vai depender da conduta dos motoristas. Se a turma se comportar direito, impedirá que o governo arrecade. De qualquer maneira, esta estatística apresentada já é um alento. Resta saber se o dado será replicado na 381. De qualquer maneira. Graças a Deus existe muita gente e muitas instituições envolvidas com a questão da BR 381. Existem canais muito interessantes, como o da Polícia Rodoviária Federal no twitter, que nos informa sobre tudo que está acontecendo nas BRS. O twitter deles é PRF-MG. Mas questionei também ao DNIT sobre a possibilidade da veiculação de campanhas educativas em outdoors e outros meios. Eles informaram que na faixa de domínio, que é a parte de terra que margeia a rodovia não pode . No entanto, podem ser afixados em locais fora da faixa, geralmente de propriedade privada. Neste caso tem de haver permissão dos proprietários ( se quiserem ver outdoors educativos pelas rodovias do mundo, acessem http://cenariosbomdia.blogspot.com/2011/01/ideias-para-br-381-out-doors-educativos.html ). Não podemos parar por aqui. Temos de continuar monitorando a licitação da duplicação e interagir com todas as instancias possíveis. Não fiquei totalmente satisfeito ao saber que o primeiro lote da rodovia será até Barão de Cocais. Ficou de fora logo a parte mais perigosa da rodovia. Parece que a licitação das outras partes se dará logo depois de licitado do primeiro lote. Já deixa a gente apreensivo. Mas vamos por partes. Que os blogueiros continuem ajudando a pensar o problema, que a AMEPI continue com seu trabalho pelos canais da política, que os sites mais antigos e os mais novos continuem na batalha, que os cidadãos continuem mobilizados, que o DNIT interaja conosco e que configuremos uma rede, a rede 381, que no final transforme um grande problema numa grande solução. Obs – Seria bom conseguíssemos um mapa da distribuição dos radares e lombadas eletrônicas de Belo Horizonte a João Monlevade.

quarta-feira, 23 de março de 2011

SACUDINDO A CIDADE - CALMA, NÃO É TERREMOTO! É TEATRO

Pessoal, estes dias estivemos reunidos com o Cristiano, uma espécie de executivo do grupo Artesania. Ele é de Conceição do Mato Dentro. O espetáculo que estão trazendo à cidade, tem muitos ingredientes pra lá de atraentes. Em primeiro lugar as intervenções, depois a interação com a cena local e serão duas semanas de muito humor e encantamento com os palhaços atores do Artesania.

terça-feira, 22 de março de 2011

BR 381 - DNIT RESPONDE - RADARES DIMINUEM ACIDENTES EM ATÉ 69%

Enviei email à Assessoria de Comunicação do DNIT.

Prontamente fui atendido.

A assessoria respondeu a alguns questionamentos e esclareceu que a instalação dos radares e lombadas, faz parte do programa nacional de controle de velocidade - o PNCV.

Estudos realizados, além de atenderem dispositivos legais, indicam a localização exata e melhor aproveitamento dos equipamentos baseados nos dados de acidentes, segmentos críticos existentes e nos registros do tráfego local.

Em todo o mundo, diversos estudos comprovam as vantagens da redução de velocidade para um trânsito mais seguro. De acordo com dados da Conferência Global sobre o Uso da Tecnologia para Aumentar a Segurança nas Rodovias, realizada em Moscou em 2009, reduzir a velocidade em 1% leva a uma diminuição de 2% no número de feridos leves, 3% menos feridos graves e 4% menos mortos.

Análise dos 321 pontos, onde funcionaram lombadas eletrônicas, entre 2002 e 2007, comprovaram que a redução do número de acidentes chegou a 69%. Para decidir sobre a localização de cada tipo de equipamento do PNCV, o DNIT se baseou em estudos técnicos anuais dos pontos críticos das rodovias federais, elaborados pela autarquia a partir de dados de ocorrência de acidentes levantados pela Polícia Rodoviária Federal em todos os estados.

SOBRE A DUPLICAÇÃO

O projeto executivo de modernização e aumento de capacidade da BR-381, no trecho entre Belo Horizonte e Governador Valadares, está em fase de conclusão. Ele está dividido em 8 lotes. O DNIT priorizou licitar, em maio, as obras dos lotes 7 e 8, localizados entre Belo Horizonte e João Monlevade. O DNIT estima investir cerca de R$ 1 bilhão na construção dos lotes 7 e 8 da BR-381 e uma audiência pública sobre esse empreendimento será marcada.

A previsão de início de obras é setembro. Neste trecho de aproximadamente 70 quilômetros, a BR-381 é coincidente com a BR-262, apresentando intenso fluxo de veículos de cargas e de passageiros. O segmento será totalmente reformulado, com redução de subidas e descidas, com a construção de novas pontes e viadutos.

A duplicação destes primeiros lotes se dará entre Belo Horizonte e o rio Una, numa extensão de aproximadamente 70 quilômetros, para os quais estão programadas cerca de 40 obras-de-arte especiais de grande porte. O projeto prevê a eliminação de curvas em alguns pontos e, em outros, a ampliação do raio de curvatura, que hoje é de 100 metros para o mínimo de 230 metros.

Os outros seis lotes terão obras licitadas na sequência.

OUTRAS ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES.

Tipos de equipamentos - Nas áreas urbanas das rodovias serão 1.130 barreiras eletrônicas (ou lombadas eletrônicas), que fazem o controle ostensivo da velocidade e 466 equipamentos para fiscalizar o avanço de sinal vermelho e a parada sobre faixa de pedestres.

Outdoors e mensagens para usuários - só podem ser veiculados fora da fixa de domínio, ou seja, em áreas dos municípios com liberação da prefeitura e proprietários de terrenos.

Twitter do DNIT - Eles gostaram da sugestão e deverão abrir uma conta no twitter nos próximos dias.

BR 381 - TENTANDO INTERAGIR COM O DNIT

Seria interessante que o DNIT interagisse conosco. Seria fundamental que nos apresentassem o mapeamento indicando onde seriam instalados os radares, quando entrariam em operação, enfim. Se eles estão colocando os radares em áreas de maior incidência de acidentes, será mesmo interessante no sentido de diminuir os riscos. Se nos apresentarem esse mapa, poderemos trabalhar conjuntamente, difundindo ao máximo. Poderiam também nos manter informados sobre o andamento do processo da duplicação. procurei estabelecer contato. Localizei o email da Assessoria de Comunicação no site deles e enviei mensagem, propondo mais interação, de modo a somarmos no sentido da racionalização do uso da BR. Quem sabe não esteja faltando é abrimos um canal de comunicação? Se eles criarem um twitter, assim como fez a Policia Rodoviária Federal já ajudará bem.

segunda-feira, 21 de março de 2011

RAPAZ A PERIGO É DETIDO APÓS CONFESSAR ESTUPRO DE UMA SENHORA DE 84 ANOS

Tá no jornal O TEMPO de ontem...
A polícia prendeu Edimilson Marcos Pereira, na flor dos 19, por estuprar uma senhora de 84 anos.

Isto aconteceu em uma fazenda na região da cidade mineira Presidente Juscelino.

O taradão aproveitou que a luz havia acabado na região para forçar sua entrada na idosa, quer dizer na casa da idosa. A mulher passou e passa bem ! O suspeito, que trabalhava em uma fazenda vizinha à casa da vítima, chegou a negar o crime, mas acabou confessando e tentou se justificar dizendo que estava bêbado. Moral da história: panela velha é que faz comida boa.

ÊÊÊ...LEM CASA !!!

ZEITGEIST - QUEM JÁ OUVIU FALAR ?


Essa vai para o Dimdão, que vem defendendo a filosofia do "Viver melhor com menos". A filosofia Zeitgeist vai de encontro a esse modo de pensar. Assim como ele, várias pessoas em nível planetário estão questionando a insanidade do modelo capitalista e começa a ser gestado um novo modo de pensar que propõe uma nova perspectiva.

Zeitgeist é a palavra do momento para aqueles que apostam em um mundo repaginado, um espaço do bem. Alemão, o termo significa espírito ou pensamento dominante de uma determinada era ou época.
O movimento Zeitgeist propõe a conscientização em defesa de um progresso evolucionário fluido nos aspectos pessoal, social, tecnológico e espiritual.


Adeptos do Zeitgeist defendem a ideia de que a espécie humana está em um caminho natural para a unificação, oriundo do reconhecimento de compreensões fundamentais e quase empíricas de como a natureza funciona e de como nós, enquanto humanos, somos parte desse desdobramento universal da vida. Para os membros do movimento, esse caminho natural está obstruído e é desconhecido pela maioria dos seres humanos, que continuam perpetuando modos de conduta e associações ultrapassadas e degenerativas.


História. Surgido há cerca de três anos, o movimento Zeitgeist já se espalhou por mais de 60 países, incluindo o Brasil, que contava com quase 4.000 membros até ontem, segundo o marcador eletrônico do site oficial (www.mzbr.com.br).


O psicólogo João Timponi é um dos membros do Zeitgeist em Belo Horizonte. Segundo ele, o movimento surgiu a partir do filme homônimo, que já foi assistido via internet por mais de 4 milhões de pessoas e que ganhou o Festival de Temas Ativistas de Hollywood no ano de 2008.


Produzido e dirigido por Peter Joseph, o filme se tornou o alicerce para a criação do braço ativista de outro movimento, chamado Projeto Venus (PV), que tem como meta iniciar e consolidar uma transição para um novo projeto mundial, chamado Economia Baseada em Recursos.


"Na visão do movimento Zeitgeist, o modelo monetário atual tornou-se desvinculado da natureza e do mundo físico, com técnicas de produção e distribuição que não possuem qualquer preocupação com o meio ambiente", analisa Timponi. Para ele, o sistema monetário, baseado no lucro e voltado para o crescimento predatório, tornou-se um dos maiores destruidores do planeta.


"Dependente, a economia monetária requer o eterno consumo cíclico: novos bens e serviços são constantemente introduzidos, a despeito da degradação do ambiente e das reais necessidades humanas. Sabemos que os recursos do planeta são finitos. Se insistirmos nessa prática, o desfecho será nossa própria extinção", diz.


Ele ressalta que o movimento Zeitgeist não pretende ser instituição porque constata que esses organismos tendem a se tornar avessos a mudanças e inovações, tendendo a se perpetuar no poder, não importa o preço pago por aqueles que nada têm com isso.


Segundo Timponi, a missão do movimento é despertar o maior número de pessoas possível do sono hipnótico gerado pela sociedade de consumo. "Não se trata de pregar uma revolução, mas conquistar uma evolução. Ou acabamos com esse modelo ultrapassado de gerar bens e serviços ou ele acaba conosco", defende o psicólogo João Timponi.


Para saber mais, acesse: www.mzbr.com.br

PROJETO VENUS
O ideal de uma civilização global, pacífica e sustentável

7[NORMAL_A]Muitas" style="color: rgb(0, 0, 0); text-decoration: none; ">Muitas das ideias do movimento Zeitgeist se originam de uma organização chamada "Projeto Venus", dirigida pelo engenheiro social e projetista industrial Jacque Fresco. Ele trabalhou por quase toda a sua vida para criar as ferramentas necessárias para auxiliar na concepção do mundo que poderia, eventualmente, erradicar guerras, pobreza, crime, estratificação social e até a corrupção.


Esse projeto esboça a gênese de uma nova civilização global, baseada na concernência humana e na recuperação ambiental. "Trata-se de uma organização que propõe um plano factível de ação para a mudança social, trabalhando por uma civilização global pacífica e sustentável. Ele define uma alternativa para a declaração de direitos humanos, que hoje não passa de um pedaço de papel. Um só povo, um só planeta", explica o psicólogo João Timponi.


Segundo ele, se considerarmos a enormidade de desafios que hoje enfrentamos, não é difícil concluir que é imperativo reexaminar os nossos valores. Será que vencer é melhor do que viver?


Tecnologia. "Esse projeto pretende aplicar toda tecnologia e recursos para o benefício máximo das pessoas e do planeta, buscando novas maneiras de pensar e viver que enfatizem e celebrem o vasto potencial do espírito humano. Já temos à mão as ferramentas para projetar – e construir – um futuro digno para toda a raça humana. Ao contrário do que a política da escassez tenta nos convencer, a Terra é abundante em recursos e energia limpa, sustentável", sustenta Timponi.


Os apoiadores do Projeto Venus acreditam que é preciso uma mudança radical, a substituição de nossa economia monetária atual por uma economia baseada em recursos, onde guerra, pobreza, fome, dívida, degradação ambiental e sofrimento humano desnecessário são totalmente inaceitáveis", finaliza Timponi.(AED)

O que é o foco
Psicologia
O condicionamento do ambiente afeta 99% de nossas ações.

Sociologia
Será necessário replanejar nossa cultura a fim de mudar o comportamento humano para melhor.

Tecnologia
É preciso parar de pensar sobre as preocupações e limitações monetárias e analisar as possibilidades que temos aqui na Terra.

Sustentabilidade
A inteligência e a consciência humanas, juntamente com a gestão e a utilização cuidadosa dos recursos terrestres, são de fato as duas únicas questões centrais.

Espiritualidade
A própria natureza é a nossa mestra.


sábado, 19 de março de 2011

ALTERNATIVA, UMA DAS MELHORES RÁDIOS DE MINAS

Essa não é uma frase minha, mas de um divulgador com quem eu ainda não encontrava há muitos anos desde que trabalhei na Rádio 98 Fm em Belo Horizonte. Estava eu viajando de trem, quando percebi que um sujeito mais ou menos da minha idade sentou-se no restaurante numa mesa mais ou menos afastada e ficou me olhando. Notei que era um rosto familiar, mas não conseguia me lembrar. Mas ele também teve a mesma impressão e me cumprimentou. Passado um tempo ele aproximou-se e perguntou: -Vem cá, por acaso você não é o Homem de Lata? ( um apelido que carreguei por muito tempo. Depois conto essa história). Na hora reconheci o sujeito. Era o Fernando, que trabalhou divulgando vários artistas por uma grande gravadora multinacional. Ele me contou que havia parado de trabalhar com divulgação de artistas um tempo antes da internet mudar completamente o cenário. Casou-se, teve filhos e mudou-se para o distrito de Cocais, onde reside com a sua familia ( perguntei se conhecia o grande baixista Monlevadense Eduardo Moreira, que também mora por lá, mas disse não conhecer, pois seu sitio era um pouco afastado). Ainda quando trabalhava na gravadora, conheceu alguns executivos de uma multinacional da indústria química que fornecia insumos para a própria gravadora em que trabalhava. Acabou que lhe ofereceram um emprego de vendedor e consultor e ele está lá desde 1998. Segundo ele uma empresa ideal para se trabalhar, pois tem solidez e zero de concorrência, sendo a unica que fornece matéria prima para a indústria nacional. Ele viaja pelo Brasil inteiro e pega sempre o trem para fugir da BR 381. Bom, mas voltando ao tema inicial, o Fernando começou a falar do cenário atual, da quebradeira das gravadoras, do cenário musical e finalmente sobre a Rádio Alternativa. Contou-me que a sua esposa ficava ligada o dia inteiro na Rádio Monlevadense por causa da programação eclética. Embora sua ligação maior seja com Santa Bárbara e Barão, que tem sua própria rádio, contou-nos que a Alternativa era muito ouvida por lá. Fez perguntas sobre Monlevade, sobre o porque de não ter mais rádios influentes em termos regionais e lhe respondi da seguinte forma. - Bom, a Rádio Cultura poderia ser uma potência regional, mas faz a opção de ser apenas um braço político de seu dono e praticamente só fala para o público monlevadense. Outra rádio que poderia ser uma interessante opção, a GLOBAL FM, infelizmente enveredou pelo mesmo caminho. Não mira o mercado regional e sua programação não tem nada de original, de diferencial. Só toca o estilo sertanejo, como se só houvesse caipira nessa mundo. A Rádio Alternativa, por um tempo até chegou a ter um programa de conotação política, mas que durou um certo tempo e depois retornou ao seu estilo de tocar músicas sem politizar demais, com um jornalismo mais light, sem se tornar tão local assim. O resultado é uma liderança de quase 30 anos em nível regional. O Fernando me contou que em Minas tem outras rádios no estilo da Alternativa, principalmente no triângulo mineiro e sul de Minas, rádios com poder de difusão em regiões imensas. Ficamos ainda conversando sobre gosto musical e do quanto vamos ficando chatos com o tempo. Eu, particularmente, fico à cata de músicas diferentes, principalmente rock, mpb e jazz e a internet tem me suprido dessas necessidades. Sei que sou exceção e não regra, então, não vou ficar esperando que façam uma rádio segmentada para agradar apenas ao meu gosto. Rádio é um negócio e tem de agradar a média. Neste sentido, não há como negar que a Alternativa é uma rádio inteligente. Não sei dizer se sua programação, se sua coordenação se baseiam em pesquisas ou intuição, mas se for a segunda opção percebemos que vem acertando há muito tempo. Ficamos ainda lembrando das palhaçadas que fazíamos na 98, da equipe de humor que está de volta fazendo o 98 futebol clube. Depois ele me disse que qualquer dia iria a Monlevade e me telefonaria e que gostaria de voltar a Alternativa para visitar o Weber e o Geovani Gandra ( que não está mais na rádio, mas arrebentando em Ipatinga). Falei pra ele que seria um prazer e que tenho certeza que o Weber também iria gostar muito, pois é um daqueles sujeitos cujo papo dura, e dura...e continua depois. Só avisei pra ele que seria melhor ir com uma camisa diferente, pois ele estava com uma camisa com listras pretas e brancas que poderiam deixar o Weber e o João Carlos de mau humor ou com cara de satisfação, dependendo dos resultados na Libertadores.

O ACESSO À INTERNET SÓ CRESCE NO BRASIL

Acesso à internet cresce 9,6% em um ano no Brasil
Segundo o Ibope, 73,9 milhões de brasileiros têm acesso à rede

O Ibope divulgou nesta sexta-feira (18/03) uma pesquisa que aborda o acesso à internet no Brasil. Segundo o instituto, 73,9 milhões de brasileiros tinham acesso à rede no quarto trimestre de 2010. Esse número representa um aumento de 9,6% em relação ao mesmo período de 2009.

Crédito: Ibope

Para chegar a esse número, o Ibope considera o acesso a partir de qualquer ambiente (residências, locais de trabalho, lan houses, escolas e locais de acesso público). O estudo leva em conta apenas pessoas com mais de 16 anos de idade.

O estudo destaca o crescimento do acesso residencial, que foi de 24% entre 2009 e 2010, acima, portanto, do crescimento global. Segundo o Ibope, o número de pessoas que moram em domicílios com acesso à internet era de 52,8 milhões no quarto trimestre de 2010.

O Ibope diferencia as pessoas que têm acesso à internet daqueles que realmente usam a rede. Esses são chamados de usuários ativos. Em fevereiro de 2011, entre as 56 milhões de pessoas com acesso à rede em casa ou no trabalho, 41,4 milhões foram usuários ativos.

sexta-feira, 18 de março de 2011

O ODIADO DA VEZ


Nunca estive em um lugar que malhasse tantos Judas. Se for analisar, por esse um ano e pouco que estou por aqui é quase um Judas queimado por semana. Eu já participei desse rodizio e lhes afirmo: não é nada agradável. A única vantagem, se podemos chamar isso de vantagem, é que acabamos ficamos mais fortes, calejados, curados para enfrentar tanto fogo. As fogueiras aqui são muitas, desde os jornais e rádios, até o inclemente boca-a-boca nas esquinas, nos bares, nas barbearias, salões de belezas, filas de bancos, etc. Algumas figuras são mais recorrentes, outras sazonais, mas no fundo, todos são execrados e odiados durante um tempo. Haja colares com alho, crucificos ( ahn?) e rezas pra amenizar tanto mal querer.

COLUNA DO BOM DIA

RODOVIA DILMA ROUSSEF

Há alguns dias escrevi em meu blog sobre a possibilidade de rebatizarmos a BR 381 de "Rodovia Dilma Roussef", uma maneira de homenageá-la caso consiga viabilizar a duplicação dessa BR que tantos homens não conseguiram até agora. Recebi vários emails e comentários, alguns me dando razão, outros condenando a idéia . Houve quem considerasse a atitude oportunista, uma tentativa de conseguir sensibilizar a presidenta. E se for? Qual o problema? Se ela realmente viabilizar não será merecedora?

SOBRE OS RADARES

Recebi também vários comentários e emails, alguns favoráveis a colocação dos radares e muitos contra. Quem é a favor não se importa em andar mais devagar, contanto que os riscos diminuam. Mas há quem seja contra, argumentando que vai atrasar demais a viagem e que os radares são apenas paleativos. Outro argumento foi de que os famosos "pardaizinhos" são o símbolo da fúria arrecadadora do estado, que vai se esbaldar com a indústria de multas. Uma reportagem que passou na Globo acabou fortaleceu o argumento. Pode até ser, mas em minha opinião, nunca foi tão pertinente o ditado: "Há males que vem para o bem". Não vejo outra alternativa capaz de gerar resultados imediatos em termos de diminuir os riscos na 381.

SÓ OS RADARES NÃO RESOLVEM

Precisamos é de monitoramento constante pra saber se os radares estão realmente fazendo diferença. Acreditamos que foi a medida certa. Segundo as informaçôes que vem sendo divulgadas, os radares estão sendo instalados em locais estratégicamente estudados, exatamente nos pontos de maior incidência de acidentes, Os radares vão gerar inicialmente um cuidado maior pois o povo odeia pagar multas e sentir aquela incômoda dor no bolso. Mas temo que rapidamente as pessoas os assimilem e comecem a desenvolver malandragens, gambiarras para engalobar a fiscalização.
,
SINALIZAÇÕES E PINTURAS

Alguém sugeriu uma coisa interessante. Que os locais onde os radares estiverem sejam sinalizados, que seja inserida uma pintura no asfalto, algo que sirva para alertar as pessoas. Há quem considere que o ideal seja que os radares fiquem escondidos, mas sinceramente, surpreender só seria interessante para arrecadar. Já para o objetivo de coibir a velocidade em pontos perigosos, não haveria problema em revelar os pontos de radares. Muito pelo contrário.

CAMPANHA EDUCATIVA PERMANENTE

Em meu blog postei uma série de idéias que podem ser implantadas na BR. Uma delas seria a colocação de outdoors nos trevos e pontos de visibilidade, constando o tempo em que a rodovia está sem acidentes, assim como acontece nas empresas. Poderiam também ser criados outdoors educativos, inclusive com fotografias que choquem e frases de efeito. O objetivo seria mesmo tocar na ferida, principalmente envolvendo o lado emocional, das familias, com sangue e imagens radicais. Quem sabe um dia não possamos colocar o outdoor "BR 381, a rodovia mais segura do Brasil". Uma utopia? Não ! Basta queremos. Nós e o pessoal de Brasília. Quem quiser conferir essas postagens, que tem textos e fotos interessantes, deverá acessar o www.cenariosbomdia.blogspot.com. Para encontrar exclusivamente o tema BR 381, deve ir na parte de buscas que fica na parte de cima, à esquerda do blog e escrever "BR 381". Lá tem uma boa coleção de postagens.

DUPLICAÇÃO OU REENGENHARIA?

Há quem diga que duplicação apenas não resolve. Alguns especialistas advogam que o traçado precisa ser todo redesenhado. Um estudo feito pelo Célio Lima mostrou com clareza que não se pode reputar toda a culpa pelos acidentes à irresponsabilidade dos motoristas. Existem curvas que tem traçado errado e que praticamente atiram as pessoas para a contramão. Outra questão preocupante diz respeito ao tamanho de certos caminhões, principalmente os chamados bi e rodotrens que quase sempre invadem a contramão por causa do tamanho.

MONITORANDO A DUPLICAÇÃO

A duplicação tem um cronograma. As noticias são de que a licitação acontecerá em maio e as obras começarão em agosto. Precisamos continuar trabalhando, cada um à sua maneira para pressionar e conseguir informações fidedignas. Tenho a sensação de que a BR 381 é uma rolha que impede o pleno desenvolvimento da nossa região. Assim que a duplicação sair, estaremos muito mais próximos da capital, sem a pressão psicológica de enfrentar essa viagem do terror.

DNIT INTERAGE POUCO...OU NADA

Achei interessante a iniciativa da Polícia Rodoviária. Quem gosta do twitter encontra atualizações quase de hora em hora, informando as condições das estradas, principalmente da 381. Só que fui procurar informações sobre o DNIT, buscar espaços de interação e não encontrei. Seria interessante se tivessem uma assessoria de imprensa que pudesse nos municiar de informações. Ficamos daqui querendo saber noticias, acompanhar o processo da duplicação e não temos interlocução.

ESFORÇO DA AMEPI

Houve um grande esforço do atual presidente Josè Maria Repolês logo no inicio de seu mandato. As primeiras ações do atual presidente da AMEPI foram muito positivas e a BR 381 foi a sua primeira bandeira. Perdemos um pouco de contato nos últimos dias. Ser presidente da AMEPI implica em uma série de prioridades, mas é inegável que as ações do José Maria vem surtindo efeito. Prova disso é que depois da reunião dele em Brasília, as coisas começam a andar. Coincidência ou não, pouco depois chegaram os radares. O DNIT divulga que trata-se de uma licitação anterior, que só está saindo agora. Pode até ser, mas sentimos que as coisas caminharam. Que as nossas autoridades políticas continuem pressionando.

FLUXOS NEFASTOS

Infelizmente o que tem motivado a intensidade da campanha são as mortes que continuam acontecendo. A cada pessoa que morre, vem uma onda de protestos e reivindicações, mas à medida que os lutos vão sendo absorvidos, vai diminuindo a força das indignações. Justiça seja feita. Há algum tempo algumas ações isoladas vem tentando multiplicar a indignação, como é o caso do site br381.org, SOS 381, dos blogueiros da cidade e dos jornais. Mas sentimos que hoje em dia as forças estão mais atuantes. Talvez porque o número de acidentes aumentou demais.

BR 171

Algumas pessoas no twitter, facebook e em blogs de humor de Monlevade disseram que a 381 deveria ser rebatizada de BR 171, tantas foram as promessas não cumpridas. É verdade. O histórico de promessas é lamentável e assassino. Mas desta vez tô sentindo que existe muita gente se envolvendo, seja na militância virtual, seja na política. O que não podemos é esmorecer. Como aconselhava Tancredo:" não vamos nos dispersar".

quinta-feira, 17 de março de 2011

E OLHA QUE O TOLIMA JOGOU BEM

Interessante a campanha do Cruzeiro este ano na Libertadores. Pode ser até que caia nos mata-matas, mas por enquanto tem feito o dever de casa com um futebol de alto nível. Imagino que o mano tenha gostado do que viu. O Tolima veio pra perder de pouco, mas é um time brioso. Não contavam em levar um gol tão rápido. Aliás, isso de fazer o gol rápido tem aberto todas as porteiras. Vamos ver como o time reagirá quando pegar um time desses que não abre, que fica todinho lá atrás esperando a oportunidade de matar o jogo em um contra-ataque apenas. Por enquanto o time está voando e dando show, portanto temos o direito de aproveitar o momento e fazer festa. O time está em estado de graça. Fábio, quando exigido fez sua parte, com defesas importantes em momentos capitais. Pena que tenha levado o primeiro gol, mas como o time sobrou lá na frente, tudo bem. Pablo não é exatamente um lateral, mas ajuda muito no combate e tem muita energia física. Vitorino é xerifasso e com uma característica que faltava à defesa: é muito tranquilo. E com aquela cara fechada, assusta qualquer um. Gil também esteve relativamente bem, embora muitas vezes pareça pesado e lento. Diego Renan foi razoável, mais uma vez deixando um flanco aberto do seu lado, onde precisa contar com a ajuda do Paraná. Henrique esteve soberano em seu setor, onde joga com calma e faz a bola rolar macia. Paraná jogou o de sempre, uma formiguinha que rouba muitas bolas( embora as vezes erre passes infantís, proporcionando contra-ataques). Roger mais uma vez, esteve muito bem. Tem futebol pra jogar em qualquer time do país. Joga um futebol vistoso, meio peladeiro às vezes, não no sentido pejorativo do termo. Joga como quem se diverte, moleque, desconcertante. Parece que está jogando com muita alegria. Montillo mais uma vez desequilibrou. O cara é realmente diferenciado, mesclando velocidade com lançamentos precisos e gols nos momentos certos. Na frente, Wallisson está voando também, fazendo gols nos momentos certos, muito ligado e oportunista. Wellinton Paulista jogou o de sempre. Dizem que com sua movimentação, abre espaço para os companheiros. Pode até ser. Mas gols mesmo não estão pintando. Gosto mais do Thiago Ribeiro, mas ele não joga ali na área, combatendo e abrindo espaços. Gilberto também é muito bom. O passe dele para o gol do Thiago Ribeiro foi com a precisão dos grandes craques, mais bonito até que o gol que fez. Só não podemos nos iludir . Repararam que tanto o Tolima quanto o Estudiantes jogaram bem e levaram uma cachoeira de gols? O Tolima é um time brioso, que deu trabalho sim. Apenas pegaram o time em noite irresistível. O Cruzeiro vai pegar o Estudiantes muito mordido na Argentina e uma derrota será até normal. Aliás, melhor até perder pra não entrar no mata-mata com sapato alto. Mas o time está mesmo num momento iluminado. Além dos jogadores que estão no elenco hoje, vemos outros atletas do Cruzeiro brilhando em outros times, como é o caso do Bernando, um dos jogadores mais aclamados do Vasco, elogiado por Edmundo a todo instante. Quem assistiu ao jogo do América contra o Guarani de Divinópolis, também pôde perceber que o meio campista Luiz Fernando joga demais. Há muito tempo não assistia uma exibição tão boa de um jogador tão novo. Nem sei se continua sendo atleta do Cruzeiro, mas se jogar aquilo tudo é mais um craque cruzeirense que estará fazendo sucesso em breve. Quer dizer, se para a maioria os camisas 10 são um problema, na toca temos Montillo, Roger, Gilberto, Bernardo e Luiz Fernando. E vamos que vamos...

quarta-feira, 16 de março de 2011

SABEDORIA E DISCERNIMENTO

Dizem que o Rei Salomão, certa feita perguntado por Deus sobre seus anseios, respondeu que queria apenas sabedoria e discernimento. Santo Paradoxo, Batman. Ele poderia ter escolhido todos os tesouros do seu tempo, mas escolheu sabedoria e discernimento. É isso que eu peço em minhas orações. Tamanha é a relatividade das verdades que os conceitos de bem e mal, de certo e errado acabam sem efeito. Bandido é o outro lado. Ladrão é o outro lado. Errado é o outro lado. Nessa contabilidade distorcida, nessa conta que não fecha, nesta guerra de argumentos, ficamos que nem um juri perante exímios advogados. Já tive a oportunidade de assistir a juris dramáticos. Diga-se de passagem, sempre gostei de filmes de julgamentos. O réu vira santo quando o advogado é bom.
Ele dramatiza, faz uma contextualização que nos faz até ter pena dos assassinos, quase nos convence de que nós - a sociedade - é que somos culpados. Deveríamos ser nós a cumprir anos na prisão. Depois vem o advogado de acusação e demoniza o santo em poucos minutos. Os olhos geralmente são crispados e o réu coitado é pisoteado, humilhado, chamado dos piores adjetivos que o dicionário pode conter.

Os jurados, que lutam pra não cochilar, ficam ali sem saber em quem acreditar. Há os conservadores, os liberais, os religiosos e com eles todo tipo de preconceitos. Da média desses preconceito é que surge o veridicto. Quando vejo as ações da mídia em nossa região também tenho essa sensação. O espaço midiático tem sido um grande juri e algumas pessoas são bombardeadas dia e noite pelas ideologias, pelos interesses dos donos das mídias. Tem sido um massacre covarde. No caso específico da nossa cidade, estamos ficando sem advogados de defesa. Parece que existe um batalhão de promotores doidos para impor seus veredictos. Devo confessar que muitas vezes me sinto um estrangeiro, passageiro de algum trem. Não conheço muitas histórias pregressas e quase sempre fico perplexo à medida que essas vão se desvelando. Errar, todo mundo erra. Mas existe pouquíssima ou nenhuma paciência com os erros alheios, assim como existe pouco espaço para humildade, para que os erros sejam admitidos, primeiro passo para corrigi-los. Assim sendo, estou acordando de manhã e fazendo a Deus o mesmo pedido que Salomão: por favor, meu Deus! Dê-me sabedoria e discernimento para enxergar com clareza onde está o bem, o certo, o justo. E que seja feita a vossa vontade!