domingo, 15 de maio de 2011

UM TEMPO - REPÚBLICA DOS ANJOS

Essa música é a que abre o CD do República de 1998. A canção nasceu de um riff de guitarra do Guilherme. Ele me mostrou, gostei fiquei com aquele som grudado na cabeça. Nessa época, eu morava numa república de Alvinopolenses em BH, onde circulava um grande número de pessoas. Numa dessas noites, numa das intermináveis conversas madrugada adentro, um amigo reclamou que a menina dele tinha pedido um tempo e que ele tava perdidão, mas que não ia ficar esperando...que iria à luta pois quando a pessoa pede um tempo é porque já não nos quer. Peguei o violão e escrevi a letra inteirinha. Ficou com uma certa ironia, mas com um travo de dor. Foi uma das músicas da banda que mais tocou em rádios. Parece que muita gente se identificou com a letra, afinal de contas, quem é que não pediu ou teve tempo pedido? Rejeição? Pode ser. Participações especiais de Jefferson Meinbert, Kelly, Lílian Nunes e Rodolfo Mendes nos vocais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário