sexta-feira, 8 de abril de 2011

SÃO GONÇALO EM MOVIMENTO


Praça que está sendo construída.


Coisa de primeiro mundo

Esta semana tive a oportunidade de conhecer o espantoso desenvolvimento de São Gonçalo do Rio Abaixo. Embora tão próxima, não visitava a cidade há muitos anos. Lembro-me de ter tocado por lá há na década de 80 com a minha banda festivaleira, o "Verde Terra". Naquela ocasião, nos apresentamos em uma quadra de escola onde segundo me contaram, está sendo construída a nova praça da cidade, cujo projeto foi bastante divulgado nos últimos dias em todos os jornais. Na época fomos tocar nessa escola por iniciativa da Alvinopolense Edmaire, que residia e lecionava por lá. Pois quem passa na BR não faz idéia do que acontece na cidade. A gente até percebe que os prédios aumentaram substancialmente, mas quem adentra pelas ruas leva um susto. É outra São Gonçalo. Quando eu morava em Alvinópolis sempre dava uma entradinha na cidade pois o ônibus da Lopes subia por uma rua que ia serpenteando, até chegar em certo local, pegar passageiros e rumar para Belo Horizonte. Era uma cidade pacata, com poucas pessoas na rua. Hoje é um grande canteiros de obras. Vi vários prédios públicos explendorosos, um teatro de dar inveja, áreas verdes, largas avenidas e o mais incrível: uma rodovia construída com recursos próprios. Eu nunca ouvi falar de nenhuma cidade que tenha feito isso.


Rodovia com recursos próprios. Só lá.




O invejável centro cultural da cidade


A câmara municipal e vista da igreja e cercanias. Construção civil bombando.

Vi ainda o Parque de exposições que estão construindo, várias escolas, o charme que parte do centro já começa a exibir, o número de prédios que vem sendo construídos, os imensos espaços de crescimento. Temos de admitir: dá uma ponta de inveja. É muita coisa boa acontecendo ao mesmo tempo e muitas perspectivas de melhorias. E por favor não venham dizer que estou fazendo propaganda política, pois não tem nada a ver. Minha pretensão com a cidade nesse sentido é zero. Apenas fiquei admirado como estão conjugando desenvolvimento e qualidade de vida. Como já falei com o Ricardo, que é Secretário de Comunicação, o povo tem mais é que aproveitar o bom momento mesmo. E está aproveitando. Aliás, há pouco tempo me envolvi num inicio de polêmica quando postei em meu blog um texto intitulado "O novo Eldorado". Reproduzi uma frase que ouvi na barbearia em que corto cabelo ( que cabelo?). Uma pessoa que estava aguardando a vez comentou que a prefeitura de São Gonçalo só está faltando colocar lixeiras de ouro pela cidade, pois nem sabia como gastar tanto dinheiro. O homem forte da comunicação Ricardo twittou dizendo que não estavam rasgando verdinhas por lá. E eu pude perceber isso em loco. Outra coisa que me deixou admirado foi a pujança musical da cidade. Meu Deus! Quantos músicos maravilhosos, quanto calor humano. O interessante é que existem familias musicais, tradições que vem sendo muito bem passadas de pai pra filho, pra neto, pra todos. Mas isso vou deixar pra esmiuçar em uma outra postagem. Vou contar a história de uma produção musical que tive a oportunidade de fazer por lá por encomenda da agencia ShineOn. Se eu disser que foi maravilhosa, estarei sendo econômico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário