sexta-feira, 30 de julho de 2010

viciados II


ENQUANTO ISSO, NAQUELA TERAPIA...
- Bem, pessoal...estamos aqui mais uma vez reunidos para contar os progressos que fizemos no controle dos nossos vicios. Sra Aline. Pode começar por favor?
- Olha...eu consegui passar 2 minutos desconectada.
- Mas...Dona Aline...isso é muito pouco.
- Pouco nada. Eu já expliquei que prefiro ficar sem respirar que ficar off line. Dois minutos off-line é que nem ficar 20 minutos debaixo dagua sem respirar. É muita coisa.
- Ok...mas e você, Rodolfo?
- Olha...eu consegui passar a hora do almoço inteira sem conversar no msn
- É...tá bom, mas pode melhorar. E a Srta, Dona Regis?
- Eu consegui passar a noite de ontem e a manhã de hoje off line.
- É mesmo? Uma salva de palmas pra ela.
- Obrigada.
- Mas qual foi a sua fórmula?
- Um namorado tarado. Não me deu um minuto de folga.
- E o Sr?
- Eu cortei totalmente a internet lá em casa.
- Jura?
- Juro!
- Mas uma salva de palmas pra ele. Agora...conte pra gente: como conseguiu isso?
- Uai..cortei a internet de casa porque não moro mais em uma casa. Me mudei para um apartamento onde tenho 20 megas...úhúuuu...
- Que inveja...mas vamos retormar aqui nossos depoimentos...e você ai...porque tá de óculos escuros aqui dentro?
- Ah...nada não, doutora.
- Perai...mas tem alguma coisa diferente nesse óculos...deixa eu ver...
- Não doutora...não...larga..
- Ahá...um óculos com tela especial e com boa conexão na internet. Onde você comprou?
- Uai...no shopping oi...onde poderia ser?
- Peraí...peraí...peraí...ô doutora...a senhora tá pior que nós. A senhora é uma viciada digital em estado terminal.
- É...eu quero livrá-los desse vicio terrível de ficar ocupando a internet nos horários de pico, pois minha conexão fica pior, mais lenta.
- Então a senhora é uma traidora. Vamos deletá-la das nossas vidas. A senhora é um spam, um malware vivo.
- Peraí, gente. Também não é assim. Eu realmente tenho consciência que precisamos diminuir nossas ações digitais para viver no mundo real, de carne, osso e contas pra pagar. Precisamos curtir o nascer do sol, a brisa suave, a textura das flores, os prazeres físicos.
- Pois é...mas a senhora fala isso tudo mas cai em tentação virtual toda hora
- Eu estou doente também...sei que preciso me curar...
- Doutora...a senhora é mais viciada que nós.
- Pois é...mas juntamente com vocês, hei de me livrar desse mal! E pra provar que estou disposta a fazer sacrifícios, quero convidá-los para um churrasco lá no meu sitio amanhã à tarde.
- Êêê!!!!
- Mas doutora...churrasco é bom, cerveja também, piscina nem se fala...mas tem uma perguntinha que não quer calar.
- E qual é?
- Pega internet lá?

quinta-feira, 29 de julho de 2010

ROGÉRIO GARANHÃO

Um figuraço, roqueiro de primeira hora, um dos técnicos de som mais gentis que conheço,
cantor, compositor, tá bom banda de rock nova no pedaço. Diz aí, Rogério...vamos marcar uma entrevista ...

quinta-feira, 22 de julho de 2010

FESTIVAL EM ALVINÓPOLIS - MELHOR OPÇÃO CULTURAL DO FIM DE SEMANA

Zé Alexandre, parceiro de Osvaldo Montenegro vem de Poços de Caldas
Ivania Catarina vem de BH, irmã de Vander Lee
Dentinho Arueira vem de Joinville
A banda de rock Babi Jaques e os Sicilianos vem de Recife-PE

30° FESTIVAL DE MÚSICAS EM ALVINÓPOLIS
Um caleidoscópio da boa música produzida no país


HORÁRIOS E DATAS CORRETAS DO FESTIVAL

Uma nova informação importante: As eliminatórias acontecerão na sexta à noite e sábado à tarde e a final no sábado à noite, pois no domingo haverá um evento evangélico. Na sexta, com início das programações as 9 da noite e no sábado com horário previsto para as 3 da tarde e a final as 10 da noite.

30 ANOS E MUITAS HISTÓRIAS

O Festival de Alvinópolis chega aos 30 anos exibindo vitalidade. Depois de resistir por 3 décadas a diversas ondas, o Festival apresenta uma enorme variedade de estilos, de poesias, de visões de mundo, de cultura.

Mais de 20 cidades brasileiras representadas, composições que vão da mpb tradicional ao sertanejo, do samba ao pop rock, da simplicidade ao experimentalismo.

Ao comemorar seus 30 anos, receberá diversos ganhadores de festivais passados, que se juntarão a caras novas, gerações que se encontram na festa da música.

ALGUMAS ATRAÇÕES INTERESSANTES ( fotos)

De Poços de Caldas, vem o cantor Zé Alexandre que é parceiro de Oswaldo Montenegro.
De Recife, bem a banda Babi Jaques e os Sicilianos, com seu rock diferenciado, cheio de poesia e sutilezas na música.
De Joinvile vem o cantor Dentinho Arueira, com sua música regional.
De BH vem a banda Jabanana, com seu Pop Rock que bota o dedo na cara da sociedade burguesa e Ivania Catarina, irmã do cantor e compositor Vander Lee.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

FESTIVAL DA MÚSICA EM ALVINÓPOLIS ESTÁ BOMBANDO!

Foi uma loucura a pré-seleção do Festival. Uma música boa atrás da outra. Um caleidoscópio, um mosaico, uma geleia geral de estilos, discursos, possibilidades. A turma de Alvinópolis não negou fogo. Os compositores e intérpretes locais não tiveram medo de colocar seus sentimentos em canções. Bom pros pais ficarem de olho no que pensam os filhos, pois a turma tá mandando ver. Da turma que vem de fora, muitos vencedores de Festivais anteriores retornando como Zébeto Correa, Gil Damatta e Cláudio Fraga. Outros vencedores também estão confirmando presença. Mas além dos conhecidos papa-festivais, temos nomes novos pelo menos em termos de Alvinópolis, como o cantor e compositor Zé Alexandre, que foi parceiro de Oswaldo Montenegro, como Ivania Catarina, irmã do compositor Vander Lee. Tem ainda uma turma nova extremamente irreverente e iconoclasta que vem de Recife com a banda Babi e os Sicilianos, tem Ubiratan que vem de São Luis do Maranhão com a música Tributo a Chico Mendes, tem a banda de pop rock Jubanana, que embora seja de origem evangélica, faz um rock quase laico, botando o dedo na cara da sociedade burguesa, que discrimina e marginaliza os pobres por suas origens. Tem até sertanejo de qualidade com a nova dupla Kenny e Kerlon, com um instrumental roqueiro, guitarra muito bem tocada, Tem muito mais coisas boas que vou comentar depois. Aliás, o nivel foi tão alto, que aumentamos um pouco o tamanho do cobertor. Planejávamos classificar apenas 24 músicas no total, mas diante de tamanha qualidade, resolvemos classificar 38 músicas, que serão apresentadas nas eliminatórias de sexta à noite e sábado à tarde. A final será no próprio sábado à noite.

sábado, 17 de julho de 2010

OS VICIADOS

Naquela sala, reuniam-se algumas pessoas com o objetivo de contarem suas tristes histórias de viciados.
Havia uma pessoa com tremedeira, outra suando por todos os poros, outra que não parava de tamborilar com os dedos na carteira.
De repente, aproximou-se uma pessoa que parecia ser a coordenadora da terapia de grupo.
- Olá, pessoal. Estamos aqui reunidos para contarmos nossas experiências com o vicio, uma forma de exorcisar as mazelas que nos acometeram. Senhor Renato. Conte a sua experiência pra gente.
Renato, o suado, ajeitou-se na cadeira e contou seu drama:
- Olha. Eu comecei com o orkut. Depois passei pro msn, depois facebook, twitter e quando fui ver, já estava totalmente viciado.
- E você, Andressa?
- Ah...eu também comecei com o orkut, depois fui passando para coisas mais pesadas, tipo emule,youtube e skype. Estou totalmente viciada.
- E você, Armando.
- No meu caso eu já tenho fixação é com emails. Se eu envio uma mensagem pra alguém, tenho de ter certeza de que chegou. Entro em parafuso. Já perdi bons negócios por causa de emails que naõ chegaram. Agora, quando não me dão retorno, costumo sair do escritório e ir no local em que a pessoa está pra conferir se o email chegou. Virou uma paranóia.
- E você, Leilinha?
- Doutora...meu caso é pior. Teve um dia que deu problema na internet da cidade e fiquei off-line. Ahh pra quê. Comecei a ter falta de ar. Passei tanto mal que tive de ser hospitalizada. Só que no hospital também tava sem internet e tive de ser transferida para um hospital em Itabira. Lá, graças a Deus tava funcionando e eu melhorei.
- E você, Rodolfo?
- Olha, doutura. Só de não estar on-line agora já fico com falta de ar.. Posso dar uma entradinha? Só um minutinho...pelo amor de Deus, Dona Diva.
- Querido, eu não posso. O objetivo aqui é desintoxicar...ops...mas peraí...ei você o que está fazendo?
- Ê...ÊU...ANN...
- O que é isso aí que você está escondendo?
- Ah...é meu netbook...
- Me dê aqui...deixa eu ver...ahá...um modem móvel, hein? Que mal exemplo para seus colegas!
- É verdade, doutora.
- Peraí...mas que você está fazendo? Largue esse notebook, menina.
- Mas doutora...deixa eu ver meu email....só isso...
- Me dá isso aqui. Pronto. Acabou a brincadeira. Tudo bem.Pelo menos é um vicio que não é ilícito, que não marginaliza. Mas não se enganem. Faz tanto mal como qualquer droga pois aliena o indivíduo.
- Mas tem tratamentos alternativos, por exemplo mudar para uma comunidade hippie, sem luz elétrica, só com comida orgânica e vida natural, longe da tecnologia.
- Lembro-me de uma música que dizia assim" de um jeito ou de outro todo mundo tem um vício, pra aliviar a dor ou fugir de algum suplício.
- Pois é. Por isso estamos aqui hoje: para trabalhar maneiras de não deixar as pessoas se alienar do mundo. Fugir nunca é bom.
- Tá certo,doutora. A senhora venceu. Vamos levar uma vida mais orgânica, em contato com a natureza, comendo coisas saudáveis, ouvindo música analógica. Precisamos mesmo desintoxar. Obrigado, viu doutora. Pela sua atenção...Doutora...ô doutora...
- Ann...
- O que a Sra estava fazendo?
- Ah...nada demais. Estava só lendo meus emails, facebook e msn.
- Mas então...a sra também é viciada, né
- Pois é...mas vou me curar...juntamente com vocês. Mas enquanto isso não acontece, tô doida pra chegar em casa e ligar minha internet de 10 mb. Bom pessoal, declaro então encerrada por aqui a reunião da AVVA de hoje. Vão para casa e tentem ficar pelo menos uma hora por dia off.line. Na próxima reunião, vamos falar dos progressos de cada um. Até lá.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

POETAS, SERESTEIROS, INTÉRPRETES, CORREI...

Estou tendo a mágica possibilidade de ouvir as músicas maravilhosas que vem chegando para o Festival de Alvinópolis. Impressionante como uma cidade tão pequena consegue atrair artistas de terras tão distantes. Já chegaram inscrições de São Luis do Maranhão, Joinvile, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Rio Piracicaba, Itabira, João Monlevade, Alvinópolis e muitas canções ainda vão chegar até o último dia de inscrição que será na sexta, dia 16. Só estou sentindo falta de mais artistas Monlevadenses, uma terra repleta de pessoas criativas e que ousavam muito no tempo dos Festivais do Aço que aconteciam no Grêmio e até no Louis Ensch. Ainda há tempo, pessoal. Alvinópolis espera a todos de braços abertos.

domingo, 11 de julho de 2010

SEMANA ILUMINADA

Mais uma semana pela frente cheia de coisas estimulantes pra gente fazer. Há muitos projetos excelentes para tocarmos e em minha opinião não devemos perder tempo com coisas menores que nos tem desviado dos nossos objetivos. Não sei se é uma coisa deliberada ou não, mas tá na hora de não nos deixarmos abater pela sanha destrutiva de alguns , de não perdermos tempo tentando responder o que certamente será distorcido na manhã seguinte. Se está claro o cenário, se todos sabem quais vozes se levantam por interesses que não os coletivos, não vai adiantar buscarmos qualquer tipo de diálogo pois não haverá contra-partida, como não houve até hoje . Só nos resta realizarmos um grande governo e acertarmos o passo sem mordemos as iscas que nos atiram. No meu caso, confesso que não é tarefa fácil pois o sangue italiano ferve. Mas vou procurar um lugar ermo para dar alguns gritos primais e deixar a raiva por lá. E boa semana para nós.

sábado, 10 de julho de 2010

RESPOSTAS ???

Não as tenho!
Tenho só perguntas.
Mas qual Indiana Jones
continuarei correndo
pra chegar na frente.
Através do que escrevo
lanço anzóis e
ofereço material
pros inimigos
moscas verdes
que transformam
tudo que tocam
com suas línguas podres.
Profetas malditos
de um amanhã bichado.
O que mais chateia
são os inconfidentes
fingindo que nos respeitam
e nos apunhalando.
Que Jorge nos proteja
de tanta peçonha.

SOMOS NOSSOS PROJETOS

AQUELES EM VIA
AQUELES NO PAPEL
AQUELES CONSUMADOS
AQUELES UTÓPICOS
AQUELES GRANDIOSOS
AQUELES SIMPLES
AQUELES DO CORAÇÃO
AQUELES DE RESULTADOS
SINTO-ME ESTIMULADO
COMO AQUELE MEIO CAMPO
COM LIBERDADE PARA CRIAR
POR TODO O CAMPO
E VIVA A COMUNICULTURA.

terça-feira, 6 de julho de 2010

...RETICENTE...

As vezes o norte se esconde.
Por mais que corramos, retrocedemos.
Por mais que nos esforcemos, nos enredamos.
A calmaria é sinal de tormenta.
A tormenta, falso stress.
Os amigos, nervosos.
Os parceiros, na deles.
Procuramos apoio, não temos.
Procuramos nexos, perdemos.
Os amigos, arredios.
Os inimigos, gentis.
O marketeiro
tenta vender seu peixe.
Grita no mercado, doura a pílula.
Outros gritos somados,
consubstanciam a Babel.
Enquanto isso, os soldados marcham céleres,
Falta trotarem no mesmo ritmo, mas tudo bem.
Enquanto isso nem sei se sou feliz.
Mas é assim mesmo.
Hoje triste, amanhã milionário ( conferir loterias).
Hoje no topo, amanhã na planície.
Hoje no topo, amanhã não topo.
E segue a vida...

quinta-feira, 1 de julho de 2010

BASTA FECHAR OS OLHOS E OLHAR PRA DENTRO

O Maniqueismo foi uma maneira que o mal inventou de passar a perna no bem, de misturar tudo, confundir as cabeças das pessoas.

Muitos dizem que bem e mal não existem, que funciona no universo a lógica do Yin e Yang, do mal no bem e do bem no mal.

Conversa fiada!

No fundo, todos temos consciência de estarmos fazendo o mal quando o fazemos. Não venham me dizer que um estuprador, um assassino, um ladrão não saibam que estão praticando algo sórdido e repudiável.

Há quem diga que bem e mal são questões de pontos de vista, que os Alemães fizeram suas atrocidades por não terem consciência de que o que faziam era errado.

Há quem diga que existem os psicopatas, cuja anomalia mental possibilita ausências de escrúpulos e interdições, o que os licencia e confere poderes diabólicos para agir acima de todas as leis humanas.

Pobres de nós, honestos e frágeis nesse mundo (cafés pequenos, como diz o amigo Jovelino) Existem ainda os semi-psicopatas, que são até bons para a familia, mas carrascos para os outros. Podem ser carinhosos e atenciosos em casa, mas são capazes de mandar aniquilar milhares de pessoas em um segundo.

Tudo bem que haja distorções, frutos das diferenças culturais.

Para o Indiano é errado comer carne bovina.

Para nós é estranho comer carne de cobra ou cavalo, hábitos comuns na China.

A política também faz isso. O opositor é demonizado em nome dos interesses dos grupos.

O mal é o outro... o povo é o rebanho...por isso é tão comum os politicos usarem o termo "currais eleitorais".

A vida humana é um grande torno de almas. Grandes traumas podem construir grandes homens ou dar vida a demônios. Impossível prever o desfecho dessa guerra eterna.

Existem sacerdotes do mal e do bem...e um dias as pessoas são chamadas a se tornar “Jedys” ou optar pelo lado negro da Força.

Há tanta injustiça, tantos crápulas prosperando, tantas nulidades no poder, que muitas vezes temos a impressão de que o mal triunfou.

Mas enquanto houver vida, há esperança.

O que me assusta é que o ser humano é capaz do mal supremo do suicídio e o que o homem faz individualmente, é capaz de fazer coletivamente também.

Mas o planeta é muito antigo e sabe-se lá quantas civilizações, quantas humanidades prosperaram e pereceram.

Me assombram os arsenais nucleares espalhados pelo planeta.

Talvez tenha mesmo de vir um novo apocalipse para recomeçarmos do zero.

No mercado, diversas empresas multi-religiosas vendem Deus.

Muitos pagam caro pelos milagres, buscando principalmente sucesso material.

Mal sabem que as posses são as causas de todos os sofrimentos.

Mal sabem que encontrar Deus é muito mais simples e totalmente gratuito.

Basta fechar os olhos e olhar pra dentro.

AINDA SOBRE O FEIJÃO (AFF)

Mais uma vez o Thiago Moreira agindo segundo a prática de tentar transformar a exceção em regra. O meu texto é claro. Eu não confirmei que o feijão distribuído tinha bichos ou o que o valha. A afirmativa foi dele. Só fiz um desabafo e uma analogia. Pelas informações que temos, o feijão era de excelente qualidade sim. Houve muito mais elogios que críticas. Também não chamei a "mídia" de burguesa, mas tão somente ele que escreveu aquele texto infeliz. Mas agradeço por ter postado meu texto inteiro em sua página. Assim, as pessoas podem conferir em loco o quanto distorce os fatos. Tá aprendendo direitinho a tática Uri Gheler.