sexta-feira, 31 de julho de 2009

JANELA ABERTA...

A partir dessa edição, estarei todas as semanas aqui no BOM DIA escrevendo sobre música, principalmente sobre a produção musical da região do Médio Piracicaba. Vislumbro um cenário muito interessante em João Monlevade, onde tive a oportunidade de trabalhar com artistas de grande qualidade. Em contra partida, sou um blogueiro viciado e já li pelos blogs da cidade muitos posts de pessoas que detonaram a cena local, dizendo que a cidade não tem artistas capazes de se impor nacionalmente, que nada de representativo se faz na cidade. É muito difícil o artista se impor em sua própria aldeia. Como diz o ditado “Santo de casa não faz milagre”. Mas penso que uma cena musical depende de estrutura capaz de lhe dar sustentação, de difundir, de vender os seus produtos culturais. Hoje em dia pouca coisa funciona sem sinergia. Para que a cena possa brilhar, precisa ter estúdios capazes de formatar com a qualidade que o mercado exige, de um planejamento de marketing capaz de difundir a cena além dos limites do município, de um projeto empresarial para vender o pacote e também seus produtos avulsos. Precisa também interagir com a cidade de modo a gerar uma espiral de potencialização da produção e de ter credibilidade suficiente para angariar patrocínios, seja através de leis de incentivo ou contribuições espontâneas por parte da iniciativa privada. Para a produção de um CD, por exemplo, dificilmente um artista conseguirá gravar com extrema qualidade se não tiver patrocínios substanciais. Não se faz um CD de qualidade sem ter no mínimo r$ 50.000,00 na mão. E sabemos que um dinheiro como esse não nasce em árvore. Muitas vezes os artistas conseguem um patrocinador investidor, como foi o caso do Calk com a Arcelor Mittal e Fabrício e Elcimar com a Farmácia Barros. Mas são exceções à regra. Sem um projeto consistente, sem um argumento embasado em dados concretos é muito difícil conseguir convencer um empresário de que terá retorno no investimento, seja em marketing cultural, seja financeiro mesmo. Quando entramos no assunto leis de incentivo, temos novos impedimentos. Em primeiro lugar, os artistas são avessos à burocracia e se entediam facilmente, não tendo a mínima paciência em formular projetos. Em segundo lugar, muitas empresas que poderiam aderir ao projeto não o fazem. Primeiro por ter algum tipo de problema fiscal, segundo simplesmente para não despertar a sanha da receita federal para as suas atividades. Em algumas cidades do Brasil, as secretarias municipais de cultura criaram um projeto muito interessante, em que uma vez por ano alugam períodos no melhor estúdio da cidade e gravam uma faixa de cada artista que mais se destacar no ano, proporcionando que todos possam ter pelo menos uma música gravada com toda qualidade para divulgar nas rádios, internet, enfim.

Esta seria uma idéia interessante para ser adotada pelas secretarias de cultura da nossa região. Mas em se tratando de nossa região, por enquanto são utopias, que podem se transmutar em sonho...e quem sabe, em realidade.

Bom, mas já chega a hora de encerrar a coluna de hoje. Na próxima semana vou falar exclusivamente da cena de Monlevade, onde conheço alguns artistas muito bons e outros não tão conhecidos de grande qualidade. Depois, abordarei cada artista separadamente e num momento posterior, as cenas musicais das outras cidades, como a cena de Alvinópolis, que mesmo sendo uma cidade pequena com apenas 18.000 habitantes, tem grande vitalidade artística e conta hoje com mais de 15 bandas, duplas sertanejas e valores emergentes, além das bandas de música e do Congado de N.S.do Rosário. Pra completar, faz um dos mais tradicionais festivais de música do estado. É isso aí. Vamos juntos compor um mosaico, tecer uma rede de afinidades e fortalecer as nossas cenas musicais. Vou deixar meu email, para que os artistas da região possam enviar seus trabalhos: marcos.martino@gmail.com.

Espero vocês!

Aqui na internet, usando uma palavra da moda, vai ser muito "auspicioso" discutirmos as cenas musicais e pensarmos juntos. Espero vocês!